Exportar registro bibliográfico

Relação entre o tempo de resposta sensorial e a temperatura observada internamente na parede vestibular quando da aplicação do tetrafluoroetano como teste de sensibilidade pulpar (1998)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CALDEIRA, CELSO LUIZ - FO
  • Unidades: FO
  • Sigla do Departamento: ODD
  • Subjects: ENDODONTIA
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo investigou in vivo a capacidade de transmissão do estímulo térmico frio até a parede vestibular interna, inquirindo sobre a relação existente entre o tempo de resposta obtido durante o teste de sensibilidade pulpar com gásrefrigerante tetrafluoroetano e a diminuição da temperatura promovida pelo mesmo na região limítrofe da dentina na câmara pulpar. Foram utilizados 60 dentes anteriores superiores com vitalidade pulpar, e que seriam submetidos ao tratamentoendodôntico, de três faixas etárias distintas: 10 a 20 anos, 21 a 50 anos e acima de 51 anos. A pesquisa compreendeu várias etapas, a saber; tomada de tempo da resposta ao teste de sensibilidade com gás tetrafluoretano, mensuração da espessurado esmalte até a parede vestibular interna, medição da temperatura interna desta face antes e após a aplicação do gás refrigerante e, coleta do tempo até que se inicia a troca de temperatura nesta área. Os resultados refletem a importância daanálise da faixa e da espessura medida, em dificultar a transmissão do estímulo frio para a face interna dentinária, influenciando na diminuição da temperatura e no tempo de troca até que ela se manifeste na parede vestibular, ocorrendo commaior significância na faixa etária mais avançada; observou-se ainda que, o tempo de resposta inicial ao teste foi sempre menor àquele obtido até que ocorra a troca da temperatura na parede vestibular da câmara pulpar
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.12.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CALDEIRA, Celso Luiz; AUN, Carlos Eduardo. Relação entre o tempo de resposta sensorial e a temperatura observada internamente na parede vestibular quando da aplicação do tetrafluoroetano como teste de sensibilidade pulpar. 1998.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.
    • APA

      Caldeira, C. L., & Aun, C. E. (1998). Relação entre o tempo de resposta sensorial e a temperatura observada internamente na parede vestibular quando da aplicação do tetrafluoroetano como teste de sensibilidade pulpar. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Caldeira CL, Aun CE. Relação entre o tempo de resposta sensorial e a temperatura observada internamente na parede vestibular quando da aplicação do tetrafluoroetano como teste de sensibilidade pulpar. 1998 ;
    • Vancouver

      Caldeira CL, Aun CE. Relação entre o tempo de resposta sensorial e a temperatura observada internamente na parede vestibular quando da aplicação do tetrafluoroetano como teste de sensibilidade pulpar. 1998 ;