Exportar registro bibliográfico

Efeito do ácido salicílico na formação de micorrizas arbusculares e nas atividades de quitinases e 'beta'-1,3-glicanases em raízes feijoeiro (1998)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: COSTA, HERON SALAZAR - ESALQ
  • Unidades: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LSO
  • Subjects: HORTICULTURA; MICROBIOLOGIA AGRÍCOLA
  • Language: Português
  • Abstract: Os mecanismos que controlam o processo de colonização intrarradicular por fungos micorrízicos arbusculares ainda não são conhecidos. Normalmente, em plantas com baixo fosfato (P), ocorre indução da expressão de genes de defesa, como quitinases e'beta'-1,3-glicanases, na fase inicial do desenvolvimento das micorriza arbusculares (MAs). Assim, a inibição do crescimento fúngico intrarradicular em condições de alto P pode ser decorrência da atenuação da supressão e/ou indução de genes dedefesa específicos. Se o sistema de defesa está envolvido no controle do crescimento fúngico intrarradicular em condições de alto P, o efeito inibitório do alto nível de P poderia ser simulado pela aplicação de ácido salicífico (AS), um indutordas respostas de defesa na planta. Este trabalho teve por objetivo analisar o efeito do AS exógeno no nível de colonização intrarradicular e nas atividades de quitinases e 'beta-1,3-glicanases em raízes de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L. var.Carioca 80-SH), inoculadas por Glomus clarum ou Glomus intraradices em condições de baixo e alto P. Em condições de baixo P, a aplicação de AS inibiu a colonização intrarradicular à níveis similares aos observados em condições de alto P. Emcondições de alto P, a inibição da micorrização pelo AS foi ainda maior. Associado à essa inibição, incrementos de aproximadamente dez vezes nas atividades específicas de quitinases e redução nas atividades de 'beta'-1,3-glicanases nas raízesdas plantas que receberam ASforam observados. Em função dos padrões de atividades de quitinases e 'beta'-1,3-glicanases nas raízes não inoculadas, não foi possível estabelecer uma relação entre as atividades dessas hidrolases e crescimentofúngico intrarradicular
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.12.1998
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COSTA, Heron Salazar; LAMBAIS, Marcio Rodrigues. Efeito do ácido salicílico na formação de micorrizas arbusculares e nas atividades de quitinases e 'beta'-1,3-glicanases em raízes feijoeiro. 1998.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1998. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-20191218-141648/ >.
    • APA

      Costa, H. S., & Lambais, M. R. (1998). Efeito do ácido salicílico na formação de micorrizas arbusculares e nas atividades de quitinases e 'beta'-1,3-glicanases em raízes feijoeiro. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-20191218-141648/
    • NLM

      Costa HS, Lambais MR. Efeito do ácido salicílico na formação de micorrizas arbusculares e nas atividades de quitinases e 'beta'-1,3-glicanases em raízes feijoeiro [Internet]. 1998 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-20191218-141648/
    • Vancouver

      Costa HS, Lambais MR. Efeito do ácido salicílico na formação de micorrizas arbusculares e nas atividades de quitinases e 'beta'-1,3-glicanases em raízes feijoeiro [Internet]. 1998 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-20191218-141648/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020