Exportar registro bibliográfico

KM+, uma lectina de Artocarpus integrifolia ligante de D-Manose: sequência de aminoácidos, predição da estrutura terciária e sítio de reconhecimento de carboidrato (1998)

  • Authors:
  • Autor USP: ROSA, JOSE CESAR - IQSC
  • Unidade: IQSC
  • Subjects: MACROMOLÉCULA; PROTEÍNAS
  • Language: Português
  • Abstract: A seqüência completa de aminoácidos da lectina KM+, contendo 149 resíduos/mol, foi descrita e comparada com outros membros da família Moracea, KM+ foi obtida a partir das sementes da fruta jaca (Ariocarpus integrifolia), purificada por cromatografia de afinidade em D-galactose e D-manose imobilizadas. KM+ apresentou três isoformas separadas por cromatografia líquida de alta eficiência em fase reversa, obtidas sempre em proporção consistente de 60:10:30. A estrutura primária da lectina foi caracterizada combinando uma estratégia de clivagens químicas (BNPS-skatole/CNBr-Kl) e enzimática (tripsina, endoproteinases Lys-C e Asp-N). Os fragmentos peptídicos isolados tiveram sua estrutura primária caracterizadas através de sequenciamento de aminoácidos por degradação de Edman. A região N-terminal bloqueada foi caracterizada por espectrometria de massa. KM+, uma lectina ligante de D-manose, tem ação indutora de migração de neutrófilos, exercendo efeito quimioatraente direto por haptotaxia. Tal atividade está associada ao sítio de reconhecimento de carboidrato da molécula, uma vez que é bloqueada seletivamente em presença de manose. KM+ apresenta 52% de identidade com a jacalina, de modo que as coordenadas atômicas de jacalina foram utilizadas para produzir um modelo tridimensional para KM+, consistindo de três motivos em chave grega formando uma estrutura como um prisma triangular, 'beta'-prisma. Esse tipo de enovelamento é estabilizado poraminoácidos hidrofóbicos distribuídos em quatro camadas ao longo da molécula. O sítio de reconhecimento de carboidrato de KM+ foi estudado em comparação aquele determinado por cristalografia para o complexo metil-'alfa'-D-galactose-jacalina, sugerindo um novo mecanismo de seletividade no reconhecimento de carboidrato. Essa diferença ocorre pela existência de um processamento proteolítico no precursor de jacalina, pela perda de quatro resíduos de aminoácidos originando duas subunidades; uma longa 'alfa'de 133 aminoácidos e outra curta 'beta' de 20 aminoácidos. Em KM+ existe uma subunidade única, onde um alça peptídica rica em glicina une as regiões homólogas às cadeias 'alfa' e 'beta' de jacalina. Esta alça de união faz parte do sítio de ligação de açúcar em KM+ e impede a livre rotação da cadeia lateral de Asp141. Em conseqüência, o ácido aspártico é mantido dentro de uma conformação adequada somente para o reconhecimento de hidroxilas em posição equatorial C-4 ('alfa'-D-manose, 'alfa'-D-glicose e seus derivados), excluindo hidroxila axial como em 'alfa'-D-galactose. Em jacalina, a clivagem interna permite a livre rotação de um resíduo homólogo de ácido aspártico ('Asp POT.125'), tornando possível a formação de ligação de hidrogênio com ambas as configurações, axial e equatorial de hidroxila em C4, possibilitando a jacalina ligar-se a 'alfa'-D-manose e 'alfa-D-galactose
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.10.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ROSA, José César; GREENE, Lewis Joel. KM+, uma lectina de Artocarpus integrifolia ligante de D-Manose: sequência de aminoácidos, predição da estrutura terciária e sítio de reconhecimento de carboidrato. 1998.Universidade de São Paulo, São Carlos, 1998.
    • APA

      Rosa, J. C., & Greene, L. J. (1998). KM+, uma lectina de Artocarpus integrifolia ligante de D-Manose: sequência de aminoácidos, predição da estrutura terciária e sítio de reconhecimento de carboidrato. Universidade de São Paulo, São Carlos.
    • NLM

      Rosa JC, Greene LJ. KM+, uma lectina de Artocarpus integrifolia ligante de D-Manose: sequência de aminoácidos, predição da estrutura terciária e sítio de reconhecimento de carboidrato. 1998 ;
    • Vancouver

      Rosa JC, Greene LJ. KM+, uma lectina de Artocarpus integrifolia ligante de D-Manose: sequência de aminoácidos, predição da estrutura terciária e sítio de reconhecimento de carboidrato. 1998 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021