Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento comportamental do Muriqui (Brachyteles arachnoides) na Estação Biológica de Caratinga, Minas Gerais (1998)

  • Authors:
  • Autor USP: RIMOLI, ADRIANA ODALIA - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: COMPORTAMENTO ANIMAL; COMPORTAMENTO SOCIAL ANIMAL
  • Language: Português
  • Abstract: Filhotes primatas nascem relativamente desprotegidos, necessitando de cuidados de um indivíduo adulto para garantir sua sobrevivência até estarem aptos a manterem-se sozinhos. As mães representam o seu primeiro e mais intenso vínculo social. Porém, com o passar do tempo, os filhotes vão se afastando dela, aprendendo a manterem-se sozinhos. Durante o desenvolvimento, as habilidades motoras e sociais se alteram, capacitando-os a desenvolver atividades cada vez mais complexas. Esta auto-suficiência altera a interação mãe-filhote quanto ao interesse pela manutenção do relacionamento. A presente pesquisa teve como objetivo estudar o processo de independência do filhote muriqui (Brachyteles arachnoides), espécie de primata do Novo Mundo endêmica da Mata Atlântica. Foram observadas 29 díades mãe-filhote durante os três primeiros anos de vida dos infantes, nos períodos de agosto/1989 a março/1990 e junho/1994 a junho/1995. As observações foram coletadas através do método de amostragem animal-focal e Ad libitum. Obteve-se 2732 focais resultando em 24900 minutos de observação. Constatou-se uma diminuição gradual do contato mãe/filhote, sendo que apenas no final do primeiro ano de vida, os infantes permaneceram 50% do tempo fora de contato. Por outro lado, o contato esteve diretamente relacionado com a atividade materna, diminuindo mais rapidamente nos episódios de alimentação do que nos de deslocamento e descanso materno. O leite foi o principal alimento dosfilhotes até o sexto mês de vida, sendo as folhas o alimento de desmame mais importante após esta idade. A manipulação de objetos pelos filhotes esteve bastante vinculada ao item utilizado pelas mães durante sua alimentação. Os filhotes mostraram índices de sociabilidade superior aos adultos, principalmente em brincadeiras sociais. Foram observadas interações entre os filhotes e os animais adultos e subadultos, tendo sido os filhotes machos mais requisitados.... ) O desenvolvimento dos filhotes muriquis assemelhou-se bastante ao do macaco-aranha e ao dos grandes símios
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.10.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RÍMOLI, Adriana Odália; OTTA, Emma. Desenvolvimento comportamental do Muriqui (Brachyteles arachnoides) na Estação Biológica de Caratinga, Minas Gerais. 1998.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.
    • APA

      Rímoli, A. O., & Otta, E. (1998). Desenvolvimento comportamental do Muriqui (Brachyteles arachnoides) na Estação Biológica de Caratinga, Minas Gerais. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Rímoli AO, Otta E. Desenvolvimento comportamental do Muriqui (Brachyteles arachnoides) na Estação Biológica de Caratinga, Minas Gerais. 1998 ;
    • Vancouver

      Rímoli AO, Otta E. Desenvolvimento comportamental do Muriqui (Brachyteles arachnoides) na Estação Biológica de Caratinga, Minas Gerais. 1998 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021