Exportar registro bibliográfico

Metodologia in vivo e in vitro na mutagênese de crisântemo (Dendranthema grandiflora Tzvelev) com o uso de raios-gama e metanossulfonato de etila (EMS) visando o melhoramento (1998)

  • Authors:
  • Autor USP: ADAMES, ALVIS HERNAN - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: SD
  • Subjects: PLANTAS CULTIVADAS (MELHORAMENTO;GENÉTICA); PLANTAS ORNAMENTAIS
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho teve como objetivos principais: desenvolvimento e aplicação de metodologias in vivo e in vitro na indução de mutação em crisântemo (Dendranthema grandiflora Tzvelev), com o uso de raios-gama e o mutagênico químico metanossulfonato de etila (EMS); comparação das metodologias in vitro e in vivo quanto à freqüência de mutantes e o tamanho do setor mutado. Visou-se a obtenção de mutantes para a coloração das flores no cultivar mutante ´Ingrid´ de cor rosa escuro, obtido a partir do cultivar original ´Repin Rosa´. Os experimentos foram realizados no Laboratório de Radiogenética do CENA em Piracicaba - SP e na empresa Van Shaik da Cooperativa Holambra em Holambra - SP. Para a irradiação de plantas utilizou-se a fonte de ´ANTPOT 60 Co´ do CENA. EMS foi utilizado para o tratamento in vitro de pedicelos de botões florais imaturos visando-se a indução de gemas adventícias e a regeneração de plantas. Realizou-se um teste preliminar de sensitividade, escolhendo-se a concentração em função da redução de 50% no número de plantas regeneradas por pedicelo. Após o tratamento com a concentração escolhida (0,075 M 1:45 horas) obteve-se uma freqüência de 14% de mutantes sendo que destes houve uma ocorrência de uma alta freqüência (11,8%) de mutantes sólidos para a cor da inflorescência. Num experimento preliminar, determinou-se que a dose de 22,5 Gy de raios-gama reduzia cerca de 50% a altura das plantas da geração ´M IND.1 V IND.1´ obtidapor meio de plantas crescidas in vitro. Plantas in vitro foram irradiadas com esta dose e o avanço de gerações foi realizado utilizando a técnicas das podas repetidas, por meio do cultivo de internódios in vitro. Mudas enraizadas foram irradiadas in vivo com 20 Gy de raios-gama, avançando-se in vivo as gerações também por meio das podas repetidas. A freqüência de mutantes foi maior in vitro (13,8%) do que in vivo (7,1%) e em ambos os casos na geração ´M IND.1 V IND.3´ ) obteve-se a maior porcentagem de quimeras periclinais. Avaliou-se a freqüência e o tipo de quimeras em plantas da geração´M IND.1 V IND.2´ proveniente de 6 gemas axilares obtidas ao longo de ramos ´M IND.1 V IND.1´ originados após a irradiação de plantas enraizadas in vivo com 20 Gy de raios-gama. O número de quimeras pericinais foi baixo (0,4%) e não foram observadas diferenças significativas no número e tipos de quimeras observadas nas plantas originadas das 6 diferentes posições. Dentre os diferentes tipos de mutantes obtidos nos vários experimentos, foram selecionados os de cor chá-rosa, vinho, bronze e variegado que foram avaliados em ensaios de produção. O mutante variegado mostrou instabilidade para a coloração, os outros, com exceção do chá-rosa, mostraram potencial para liberação como novos cultivares, porque além do interesse pela nova coloração de pétalas, mantiveram em geral as boas características agronômicas e comerciais do cultivar original. Estes mutantes estão sendo multiplicadospelo produtor para verificação de sua aceitação pelos consumidores
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.09.1998
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ADAMES, Alvis Hernán; TULMANN NETO, Augusto. Metodologia in vivo e in vitro na mutagênese de crisântemo (Dendranthema grandiflora Tzvelev) com o uso de raios-gama e metanossulfonato de etila (EMS) visando o melhoramento. 1998.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1998. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191108-121648/ >.
    • APA

      Adames, A. H., & Tulmann Neto, A. (1998). Metodologia in vivo e in vitro na mutagênese de crisântemo (Dendranthema grandiflora Tzvelev) com o uso de raios-gama e metanossulfonato de etila (EMS) visando o melhoramento. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191108-121648/
    • NLM

      Adames AH, Tulmann Neto A. Metodologia in vivo e in vitro na mutagênese de crisântemo (Dendranthema grandiflora Tzvelev) com o uso de raios-gama e metanossulfonato de etila (EMS) visando o melhoramento [Internet]. 1998 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191108-121648/
    • Vancouver

      Adames AH, Tulmann Neto A. Metodologia in vivo e in vitro na mutagênese de crisântemo (Dendranthema grandiflora Tzvelev) com o uso de raios-gama e metanossulfonato de etila (EMS) visando o melhoramento [Internet]. 1998 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191108-121648/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021