Exportar registro bibliográfico

Ensino de enfermagem no contexto UNI-Marília: desvelando os pressupostos ideológicos da prática docente (1998)

  • Authors:
  • Autor USP: REZENDE, KÁTIA TEREZINHA ALVES - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENS
  • Assunto: ENFERMAGEM (ESTUDO E ENSINO)
  • Language: Português
  • Abstract: Na história recente do Curso de Enfermagem da Faculdade de Medicina de Marília (FAMEMA), os docentes do Departamento de Enfermagem foram envolvidos num movimento de reestruturação do ensino dentro de um projeto - o Projeto UNI, uma Nova Iniciativa na Educação de Profissionais de Saúde em União com a Comunidade - que, em princípio, guarda relação com o ideário do Sistema ünico de Saúde (SUS) e com o Curriculo Mínimo de Enfermagem. A questão central é: em que medida o envolvimento no referido projeto favoreceu (ou não) a aproximação do ensino das diferentes disciplinas do curso de Enfermagem das bases teórico-conceituais fundantes do SUS? Dessa forma, o presente estudo pretendeu evidenciar as raízes ideológicas dos saberes que orientam a prática dos docentes do Departamento de enfermagem, tendo como marco os conceitos relativos à saúde, à enfermagem e ao processo de ensinar, buscar as contradições nas representações destes docentes e tematizar as contradiçòes das representações, tendo por referência o Projeto UNI-Marília. Para tanto, decidiu-se apreender o desenvolvimento do Projeto UNI-Marília, por intermédio da análise documental e identificar as concepções relativas às categorias empíricas, aplicando um questionário semi-estruturado contendo as seguintes questões norteadoras. Concluiu-se que o Modelo de Atenção à Saúde no município continua traçando perfis de produção de acordo com a lógica do Modelo de Pronto Atendimento, que se caracteriza pela resolução dequeixas e conduta, enfocando a doença e a cura. Portanto, o Projeto UNI não se apropriou das bases teórico conceituais do SUS, pois os serviços de saúde não organizam suas intervenções à partir de perfis epidemiológicos. Será que o projeto alcançou o objetivo de qualificar os profissionais de saúde da população? Os doentes do Departamento de Enfermagem demonstraram alto grau de adesão para transformar a forma de assistir e de educar, mas falta-lhes ) consistência teórica que direcione as novas práticas; muitas destas limitações encontram repaldo na orientação da formação acadêmica dos profissionais de saúde, sustentada no modelo biomédico. Mesmo assim, esses docentes construíram e implantaram, em 1998, um currículo de enfermagem fundamentado na proposição do SUS e do Currículo Mínimo. Sem dúvida, o marco para esta transformação foi o Projeto UNI-Marília, pois este proporcionou recurso financeiro para qualificação dos docentes, bem como, definiu uma proposta de trabalho progressista para ser decodificada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.08.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      REZENDE, Kátia Terezinha Alves; EGRY, Emiko Yoshikawa. Ensino de enfermagem no contexto UNI-Marília: desvelando os pressupostos ideológicos da prática docente. 1998.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.
    • APA

      Rezende, K. T. A., & Egry, E. Y. (1998). Ensino de enfermagem no contexto UNI-Marília: desvelando os pressupostos ideológicos da prática docente. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Rezende KTA, Egry EY. Ensino de enfermagem no contexto UNI-Marília: desvelando os pressupostos ideológicos da prática docente. 1998 ;
    • Vancouver

      Rezende KTA, Egry EY. Ensino de enfermagem no contexto UNI-Marília: desvelando os pressupostos ideológicos da prática docente. 1998 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020