Exportar registro bibliográfico

Método de amostragem do número de frutos por árvores em citros (1998)

  • Authors:
  • Autor USP: MALOSSO, BEATRIZ MONTRAGIO COSTA BALDIN - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LME
  • Subjects: FRUTICULTURA; ANÁLISE DE REGRESSÃO E DE CORRELAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: A estimativa da safra citrícola é baseada em quatro fatores básicos: o censo das árvores, o número de frutos por árvore, o tamanho do fruto e a porcentagem de queda, o número de frutos por árvore é um dos mais importantes para a determinação de tamanho da safra. Atualmente, essa determinação é feita através da derriça e contagem dso frutos de árvores escolhidas por amostragem. Isso representa um custo relativamente alto, devido a perda desses frutos e o tempo gasto nessa tarefa. Estudou-se, então, uma metodologia que permite estimar, com eficiência o número de frutos por árvore, sem derricá-los. Foram levantados no campo, a circunferência e o número de frutos de todos os galhos de 21 árvores das variedades pera rio, natal e valência, para três categorias de idades, de diversas regiões do Estado de São Paulo. O primeiro método baseou-se em probabilidades equivalentes (PE), o segundo em prob. proporcionais ao número de galhos (PPN) e o terceito em probabilidades proporcionais a àrea (PPA) do corte transversal do galho, o número de frutos por árvore, foi estimado dividindo-se o número de frutos contados no galho, pelo valor da probabilidade de seleção daquele galho. Obtiveram-se, também valores da variância e coeficiente de variação para os três métodos propostos. Estudou-se também, um ponto de parada, ou seja, um tamanho mínimo de galho que forneça a melhor estimativa, com maior eficiência através do comportamento do coeficiente de variação, pode-se determinar o melhorponto de parada. Comparando-se os valores de variância, o método que utiliza a probabilidade proporcional a àrea, foi o que apresentou maior eficiência e as melhores estimativas, e o método que utiliza as probabilidades equivalentes foi o que apresentou os piores resultados. As maiores quedas dos coeficientes de variação foram obtidas no tamanho mínimo de 15cm de circunferência do galho e 80 frutos por galho para as categorias de idades 2 e 8. No ) caso da categoria de idade 1 determinou-se que o melhor seria contar todos os frutos dos galhos, de uma de suas ramificações primárias. A combinação dos métodos PPA e PPN apresentou um bom ajuste através da regressão linear múltipla, com valor do coeficiente de determinação acima de 0,9000
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.08.1998
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MALOSSO, Beatriz Montrágio Costa Baldin; MORAES, Roberto Simionato. Método de amostragem do número de frutos por árvores em citros. 1998.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1998. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11134/tde-20190821-115606/ >.
    • APA

      Malosso, B. M. C. B., & Moraes, R. S. (1998). Método de amostragem do número de frutos por árvores em citros. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11134/tde-20190821-115606/
    • NLM

      Malosso BMCB, Moraes RS. Método de amostragem do número de frutos por árvores em citros [Internet]. 1998 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11134/tde-20190821-115606/
    • Vancouver

      Malosso BMCB, Moraes RS. Método de amostragem do número de frutos por árvores em citros [Internet]. 1998 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11134/tde-20190821-115606/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021