Exportar registro bibliográfico

Estudos de filmes de poli(tereftalato de etileno) recoberto com polianilina condutora (1998)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: JOB, ALDO ELOIZO - ENGMAT
  • Unidades: ENGMAT
  • Sigla do Departamento: FCM
  • Subjects: MATÉRIA CONDENSADA; MATÉRIA CONDENSADA (PROPRIEDADES ELÉTRICAS)
  • Language: Português
  • Abstract: A obtenção de compósitos poliméricos condutores de eletricidade têm sido alvo de pesquisa com o objetivo de combinar as propriedades de diferentes materiais poliméricos. Neste trabalho foram preparados compósitos de filmes de poli(tereftalato de etileno) (PET) com camadas superficiais do polímero condutor polianilina (PANI). Para obter a camada condutora o filme de PET foi imerso no meio reacional da síntese da PANI, realizada em solução método este freqüentemente empregado para a produção de PANI. Foram otimizados, os parâmetros da síntese (temperatura, concentração dos reagentes, tempo de polimeração, etc ...) com o objetivo de se obter uma camada de PANI com espessura adequada, condutividade superficial elevada e com boa adesão no substrato de PET. O processo da reação de polimerização foi monitorada pela medida do potencial de circuito aberto e também diretamente pela camada de PANI depositada no PET, através de medidas de espectroscopia UV-Vis-NIR, condutividade elétrica e adesão da camada de PANI. Em condições otimizadas de síntese, realizada à temperatura ambiente durante o tempo de 20 minutos, pode-se obter camadas de PANI com condutividade da ordem de 10 S/cm, boa adesão ao substrato de PET e com razoável transparência óptica. Os compósitos obtidos nas condições otimizadas foram caracterizados usando-se microscopia por SEM, microscopia óptica, microscopia AFM, difratogramas de raios-X, DSC, análise DMTA, análise TGA, correntes termo estimuladas,medidas de ruptura elétrica, medidas de adesão e solubilidade da camada de PANI. Verificou-se também que o tratamento térmico dos compósitos melhora a adesão da camada de PANI ao substrato de PET. Foi descoberto um novo método para dopar as camadas condutoras de PANI no qual o compósito desdopado é tratado por descarga corona. O processo é realizado totalmente a seco e pode-se obter uma condutividade da camada de PANI da ordem de 0,3 S/cm com boa adesão. ) Observou-se que a eficiência do processo é dependente da humidade relativa do ar na câmara de tratamento e que a estabilidade da condutividade elétrica é melhor que nas amostras dopadas em solução
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.05.1998
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JOB, Aldo Eloizo; MATTOSO, Luiz Henrique Capparelli; GIACOMETTI, José Alberto. Estudos de filmes de poli(tereftalato de etileno) recoberto com polianilina condutora. 1998.Universidade de São Paulo, São Carlos, 1998. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/88/88131/tde-20052010-171236/ >.
    • APA

      Job, A. E., Mattoso, L. H. C., & Giacometti, J. A. (1998). Estudos de filmes de poli(tereftalato de etileno) recoberto com polianilina condutora. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/88/88131/tde-20052010-171236/
    • NLM

      Job AE, Mattoso LHC, Giacometti JA. Estudos de filmes de poli(tereftalato de etileno) recoberto com polianilina condutora [Internet]. 1998 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/88/88131/tde-20052010-171236/
    • Vancouver

      Job AE, Mattoso LHC, Giacometti JA. Estudos de filmes de poli(tereftalato de etileno) recoberto com polianilina condutora [Internet]. 1998 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/88/88131/tde-20052010-171236/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020