Exportar registro bibliográfico

Transformação de cana-de-açúcar para resistência ao herbicida glufosinato de amônio, via biolística (1998)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FALCO, MARIA CRISTINA - ESALQ
  • Unidades: ESALQ
  • Sigla do Departamento: SD
  • Subjects: GENÉTICA; PLANTAS PRODUTORAS DE AÇÚCAR; PLANTAS CULTIVADAS (MELHORAMENTO;GENÉTICA); PESTICIDAS
  • Language: Português
  • Abstract: Estabeleceu-se um sistema de transformação de plantas a partir de biolística em calos embriogênicos de dois clones nacionais de cana-de-açúcar, SP80-180 e SP82-3721. Após experimento para obtenção de quantidade suficiente de calos embriogênicos derivados de segmentos transversais de folhas jovens, foram otimizados parâmetros como distância do alvo, pressão de disparo e quantidade de DNA, em aparelho de biolística desenvolvido pelo Centro de Tecnologia Copersucar, segundo modelo descrito por FINER et.al.(1992). Para isso, calos embriogênicos foram bombardeados com o vetor pAhc27, que contém o gene repórter uid-A (gus). Análises histoquímicas com o substrato X-gluc foram realizadas para determinação dos melhores níveis de expressão. Microscopia ótica e eletrônica de varredura foram realizadas para melhor compreender a introdução das partículas nas células. Calos embriogênicos em fase R2 (resultantes de dois ciclos de seleção) foram utilizados para determinar a sensibilidade do explante ao antibiótico geneticina, que seria utilizado em meio seletivo para seleção dos transformantes. Vários experimentos de co-transformação, utilizando os plasmídios pHA9 (que contém o gene de resistência a antibióticos aminiglicosídicos, como kanamicina e geneticina) e pAHC20 (que contém o gene de resistência ao herbicida glufosinato de amônio), foram realizados com os dois clones. Após seleção de calos transformados e regeneração de plantas em meio seletivo contendo geneticina (30 mg/L),as possíveis plantas transgênicas foram transferidas para casa de vegetação. Teste fenotípico para resistência ao antibiótico foi realizado em casas de vegetação, com aplicação do antibiótico kanamicina (1%) diretamente sobre ferimento em limbo foliar. O herbicida comercial Finale foi aplicado em duas pulverizações sobre as plantas que se mostraram resistentes ao antibiótico. As plantas resistentes foram consideradas co-transformadas. Parte das plantas co-transformadas foram submetidas a análises moleculares para confirmação da co-transformação. Hibridizações Southern foram realizadas para detectar a presença dos genes no genoma e estimar o número de cópias inseridas. Também foram analisadas plantas obtidas por micropropagação das plantas transformadas para verificar a manutenção do status transgênico. Análises de expressão dos transgenes foram realizadas por dois métodos diferentes: imunoensaio Western blot para proteína NPT-II, e RT-PCR para RNA transcrito do gene bar. O presente sistema possibilitou a obtenção de plantas transformadas de cana-de-açúcar em cerca de 200 dias e provavelmente será adaptável para introdução de outros genes de interesse agronômico que já estão sendo estudados para a cultura
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.03.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FALCO, Maria Cristina; TULMANN NETO, Augusto. Transformação de cana-de-açúcar para resistência ao herbicida glufosinato de amônio, via biolística. 1998.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1998.
    • APA

      Falco, M. C., & Tulmann Neto, A. (1998). Transformação de cana-de-açúcar para resistência ao herbicida glufosinato de amônio, via biolística. Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Falco MC, Tulmann Neto A. Transformação de cana-de-açúcar para resistência ao herbicida glufosinato de amônio, via biolística. 1998 ;
    • Vancouver

      Falco MC, Tulmann Neto A. Transformação de cana-de-açúcar para resistência ao herbicida glufosinato de amônio, via biolística. 1998 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020