Exportar registro bibliográfico

Análise espacial e temporal da produção de sedimentos em uma microbacia rural com o modelo AGNPS e técnicas de SIG (1998)

  • Authors:
  • Autor USP: SOUTO, ADRIANO RAUSCH - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: PROCESSAMENTO DE IMAGENS; MANEJO DO SOLO; HIDROLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A utilização inadequada dos recursos naturais com consequente erosão dos solos, vem gerando pesados prejuízos à sociedade, através da perda da capacidade produtiva do solo e a constante contaminação das águas superficiais. O Estado do Paraná, preocupado com esta situação, lançou um programa visando reverter o processo de degradação de seus recursos naturais renováveis, com base nas alternativas agrícola e a renda líquida do produtor rural. Aliado a essas necessidades, torna-se importante definir dentro de um planejamento estratégico as áreas a serem priorizadas dentro do programa. Neste contexto, este trabalho apresenta como resultado a determinação das áreas críticas na produção de sedimentos, de acordo com o uso do solos, tipo de culturas, sistemas de manejo, declividade, comprimento de rampa do terreno, e a textura e erodibilidade do solo. A área de estudo é a microbacia hidrográfica Água Grande e Pensamento com área de 4.348,42 hectares, pertencente à bacia do rio Piquiri, no município de Mamboré - PR. Para a estimativa da produção de sedimentos empregou-se modelo matemático Agricultural Noin-Point Pollution Source - AGNPS e técnicas do SIG, para mapeamento da área de estudo. A coleta das informações referentes aos eventos meteorológicos foi realizada por uma rede de estações de monitoramento. Com os resultados observados em campo obteve-se uma boa correlação entre as chuvas erosivas e a produção de sedimentos, com o coeficiente de determinação,'r POT.2' =0,84. No modelo, foram realizadas quatro simulações tomando como base o mapa de uso do solo, nas culturas de inverno e verão, em diferentes anos agrícolas e para diferentes eventos de precipitação. Dos resultados obtidos, pode-se identificar áreas críticas de poluição não pontual, suas causas e a avaliação das diferentes tecnologias de manejo e conservação do solo que foram implantadas. Concluiu-se que ocorreu uma diminuição da produção de sedimentos na microbacia devido a alteração dos sistemas de manejo do solo, e que foi possível através do AGNPS a identificação, análise e avaliação da poluição não pontual em microbacias rurais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.05.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUTO, Adriano Rausch; CRESTANA, Sílvio. Análise espacial e temporal da produção de sedimentos em uma microbacia rural com o modelo AGNPS e técnicas de SIG. 1998.Universidade de São Paulo, São Carlos, 1998.
    • APA

      Souto, A. R., & Crestana, S. (1998). Análise espacial e temporal da produção de sedimentos em uma microbacia rural com o modelo AGNPS e técnicas de SIG. Universidade de São Paulo, São Carlos.
    • NLM

      Souto AR, Crestana S. Análise espacial e temporal da produção de sedimentos em uma microbacia rural com o modelo AGNPS e técnicas de SIG. 1998 ;
    • Vancouver

      Souto AR, Crestana S. Análise espacial e temporal da produção de sedimentos em uma microbacia rural com o modelo AGNPS e técnicas de SIG. 1998 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020