Exportar registro bibliográfico

O fluxo turístico argentino em Balneário Camboriú (SC). Um estudo de 1988 a 1997 (1998)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NOVAES, MARLENE HUEBES - ECA
  • Unidades: ECA
  • Subjects: TURISMO
  • Language: Português
  • Abstract: A presente dissertação, resultado de um projeto de caráter exploratório descritivo, teve por objetivo apresentar alguns impactos sóci-econômicos do turismo estrangeiro, especialmente da demanda turística argentina em Balneário Camboriú (SC). O trabalho é proveniente de uma pesquisa de campo e de outra pesquisa documental sobvre os dados da pesquisa de demanda da SANTUR - Série Histórica (1988 a 1997). Na pesquisa foi utilizado o método de abordagem dedutivo no momento da pesquisa teórica, e indutivo no momento da pesquisa de campo realizado nos meses de janeiro e fevereiro de 1993. Os métodos ded procedimentos adotados foram os estatístico, comparativo e monográfico. Na análise dos fatores causais da ciclicidade da demanda estrangeira, em Balneário Camboriú, notadamente dos argentinos sobressaiu-se a dolarização da economia argentina e o crescente processo de desvalorização da moeda brasileira em decorrência do processo inflacionário. Isto transformou, na série histórica, os anos de 1989-1992-1993 e 1994, o litoral de Santa Catarina, especialemnte Balneário de Camboriú, como a principal destinação turística. Nesse nos o turismo interno, na Argentina, tornou-se pouco atrativo para os cidadãos argentinos da classe média devido ao elevado custo de vida naquele país. Com o advento do Plano Real, e a consequente valorização da moeda brasileira em relação ao dólar americano e também ao peso argentino, sinalizou-se um queda no fluxo turístico intra-mercosulpara o Brasil. Quanto aos impactos sócio-econômicos, o turismo despontou como um setor intensivo de utilização de mão-de-obra, especialmente na alta temporada quando o mercado informal passou a ser expressivo como apoio às atividades relacionadas. O turismo se incluui no conjunto de atividades que direta ou indiretamente abrangem áreas econoômicas ligadas a indústria e serviços. No setor terciário de Balneário Camboriú, 38,2 são estabelecimentos de come'rico e 61,8, são empresas prestadoras de serviços. Nesta década, aconteceu um acentuado crescimento na construção civil, no mercado imobiliário e na hotelaria, o que tem modificado o conjunto hamrmônico natural da destinação turística. Quanto ao orçamento da Receita do Município se comparado com as outras cidades de mesmo porte, existe necessidade de aumento na arrecadação de impostos e taxas para atendimento à infra-estrutura a serviços básicos melhorando a qualidade de vida dos moradores e turistas. O desenvolvimento do turismo em Balneário Camboriú, consierando o estágio avançado da atividade, necessita de ações da sociedade para propiciar a utilização econômica sustentável dos atrativos naturais e culturais ainda existentes, estabelecendo padrões minimos de qualidade dos serviços turísticos, apoiando novos investimentos no setor, através de políticas e estratégias para a preservação do meio ambiente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.04.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NOVAES, Marlene Huebes; RABAHY, Wilson Abrahão. O fluxo turístico argentino em Balneário Camboriú (SC). Um estudo de 1988 a 1997. 1998.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.
    • APA

      Novaes, M. H., & Rabahy, W. A. (1998). O fluxo turístico argentino em Balneário Camboriú (SC). Um estudo de 1988 a 1997. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Novaes MH, Rabahy WA. O fluxo turístico argentino em Balneário Camboriú (SC). Um estudo de 1988 a 1997. 1998 ;
    • Vancouver

      Novaes MH, Rabahy WA. O fluxo turístico argentino em Balneário Camboriú (SC). Um estudo de 1988 a 1997. 1998 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020