Exportar registro bibliográfico

Avaliação da eficácia da administração de plasma, por via intravenosa, como tratamento da falência de transferência de imunidade passiva em bezerros da raça Holandesa (1997)

  • Authors:
  • Autor USP: BORGES, ALEXANDRE SECORUN - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCM
  • Assunto: CLÍNICA VETERINÁRIA
  • Language: Português
  • Abstract: Com o objetivo de avaliar a eficácia da administração de plasma na dose de 20 ml/kg por via intravenosa para bezerros que não receberam colostro, foram utilizados 32 bezerros machos da raça Holandesa, que constituíram quatro Grupos experimentais de 8 animais, tratados com: Grupo 1 - 4 litros de colostro; Grupo 2 - 2 litros de colostro; Grupo 3 - plasma por via intravenosa e Grupo 4 - leite. Os bezerros foram acompanhados até os 3 meses de vida, através de avaliações clínicas (ganho de peso, freqüência de enfermidades e de óbitos) e laboratoriais (proteinograma sérico e taxas de IgG, IgM e GGT). O ganho de peso foi superior nos animais dos Grupos 1 e 2, as enfermidades diagnosticadas com mais freqüência foram a diarréia, a broncopneumonia e a anaplasmose, respectivamente responsáveis por 2, 6 e 2 óbitos, distribuídos com as seguintes freqüências: 50% - Grupos 3 e 4, 25% - Grupo 2 e 0% - Grupo 1. Nos animais do Grupos 1 e 2, antes da ingestão do colostro, as concentrações da proteína total foram mínimas, observando-se taxas máximas às 24 horas após a ingestão do colostro, fato que decorreu em função da elevação das frações beta e gamaglobulinas. Comportamento semelhante pode ser evidenciado na avaliação dos níveis séricos das IgG, IgM e GGT. A administração de plasma aos bezerros do Grupo 3 determinou somente discretos aumentos das concentrações das imunoglubulinas G e M e de proteína total, por conta das ligeiras elevações das frações beta egamaglobulinas. Nos animais do Grupo 4, não foram detectadas essas variações, tanto para os componentes do proteinograma, quanto para as taxas das imunoglobulinas. A atividade sérica da GGT nos Grupos 3 e 4 foi similar e estável durante todo o período de avaliação. As dosagens de proteína total e de gamaglobulinas apresentaram altos valores de correlação com a IgG, adequando-se como uma estimativa indireta dos níveis séricos de imunoglobulinas. Os resultados deste estudo ) permitiram concluir que o plasma administrado por via intravenosa na dose de 20 ml/kg, para os animais que não ingeriram colostro, foi ineficaz como tratamento da falência da transferência de imunidade passiva
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.10.1997

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BORGES, Alexandre Secorun; BENESI, Fernando José. Avaliação da eficácia da administração de plasma, por via intravenosa, como tratamento da falência de transferência de imunidade passiva em bezerros da raça Holandesa. 1997.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.
    • APA

      Borges, A. S., & Benesi, F. J. (1997). Avaliação da eficácia da administração de plasma, por via intravenosa, como tratamento da falência de transferência de imunidade passiva em bezerros da raça Holandesa. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Borges AS, Benesi FJ. Avaliação da eficácia da administração de plasma, por via intravenosa, como tratamento da falência de transferência de imunidade passiva em bezerros da raça Holandesa. 1997 ;
    • Vancouver

      Borges AS, Benesi FJ. Avaliação da eficácia da administração de plasma, por via intravenosa, como tratamento da falência de transferência de imunidade passiva em bezerros da raça Holandesa. 1997 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020