Exportar registro bibliográfico

Nietzsche e a perspectiva dos afetos: uma visão fisiológica do conhecimento (1998)

  • Authors:
  • Autor USP: ZATERKA, LUCIANA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLF
  • Assunto: FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA
  • Language: Português
  • Abstract: Esta dissertação analisa alguns aspectos da teoria do conhecimento em Nietzsche, nomeadamente seu pragmatismo e seu perspectivismo. Antes de expor as críticas às categorias clássicas do conhecimento empreendida pelo filósofo em sua "doutrina daperspectiva dos afetos", que opera com as noções de vida,vontade de potência e fisiologia, mostraremos o diálogo com a filosofia espinosana que está na matriz dessa doutrina (cap.I). Efetuando esse trabalho inicial examinaremos o pragmatismo e anoção de verdade que dele decorre (cap.II). POr fim, abordaremos o caráter perspectivista do conhecimento que é a marca da teoria gnosiológica nietzschiana
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.06.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ZATERKA, Luciana; MARTON, Scarlett. Nietzsche e a perspectiva dos afetos: uma visão fisiológica do conhecimento. 1998.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.
    • APA

      Zaterka, L., & Marton, S. (1998). Nietzsche e a perspectiva dos afetos: uma visão fisiológica do conhecimento. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Zaterka L, Marton S. Nietzsche e a perspectiva dos afetos: uma visão fisiológica do conhecimento. 1998 ;
    • Vancouver

      Zaterka L, Marton S. Nietzsche e a perspectiva dos afetos: uma visão fisiológica do conhecimento. 1998 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021