Exportar registro bibliográfico

Avaliação in vitro da liberação de flúor e atividade antimicrobiana dos compômeros restauradores (1998)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GÁLVEZ, DENISSE PILAR CARMEN AGUILAR - FOB
  • Unidades: FOB
  • Sigla do Departamento: BAL
  • Subjects: FLUORAÇÃO; MICROBIOLOGIA ORAL
  • Language: Português
  • Abstract: Os compômeros são materiais mono-componentes que simplificam os procedimentos clínicos, e sua capacidade de liberar flúor estaria relacionada a sua atividade antimicrobiana. O objetivo deste estudo foi comparar a quantidade de flúor liberado e o efeito sobre o S.mutans # GS-5 de dois compômeros restauradores, o Dyract e o Compoglass. Cinco espécimes, em forma de disco, foram preparados para cada material, os mesmos foram suspendidos em 32 ml de água deionizada e armazenados a '37GRAUS'. A solução foi trocada e o flúor liberado foi medido a cada 24 horas por 14 dias consecutivos, usando um eletrodo específico para o íon (ORION 96-09), utilizando 2ml de TISAB III para descomplexar o meio. A atividade antimicrobiana contra o S.mutans # GS-5, foi avaliada através de três testes, o teste de fermentação em caldo de cultura por um período de 7 dias, a quantificação de carboidratos e proteínas depositadas sobre os espécimes e o teste de difusão em ágar utilizando o ágar Mueller-Hinton enriquecido com sangue de coelho, todos realizados em triplicata. Para a análise estatística foram utilizados os testes ANOVA, "t" e Tukey, sendo o nível de significância de p<0,05. O Dyract liberou de 0,039 mais ou menos 0,011 'mü'gF/m'mPOT.2' no primeiro dia a 0,019 mais ou menos 0,004 'mü'gF/m'mPOT.2' no décimo quarto dia, enquanto o Compoglass liberou 0,039 mais ou menos 0,017 'mü'gF/m'mPOT.2' a 0,008 mais ou menos 0,002 'mü'gF/m'mPOT.2' no mesmo período. Houve uma diferença significativaentre os compômeros a partir do quarto dia. Em relação à atividade antimicrobiana, os compômeros não inibiram a fermentação pelo S.mutans, os valores dos pHs medidos diariamente se mantiveram '
  • Imprenta:
    • Place of publication: Bauru
    • Date published: 1998
  • Data da defesa: 15.06.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AGUILAR GÁLVES, Denisse Pilar Carmen; ROSA, Odila Pereira da Silva. Avaliação in vitro da liberação de flúor e atividade antimicrobiana dos compômeros restauradores. 1998.Universidade de São Paulo, Bauru, 1998.
    • APA

      Aguilar Gálves, D. P. C., & Rosa, O. P. da S. (1998). Avaliação in vitro da liberação de flúor e atividade antimicrobiana dos compômeros restauradores. Universidade de São Paulo, Bauru.
    • NLM

      Aguilar Gálves DPC, Rosa OP da S. Avaliação in vitro da liberação de flúor e atividade antimicrobiana dos compômeros restauradores. 1998 ;
    • Vancouver

      Aguilar Gálves DPC, Rosa OP da S. Avaliação in vitro da liberação de flúor e atividade antimicrobiana dos compômeros restauradores. 1998 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020