Exportar registro bibliográfico

Composição e atividade de mosquitos (Diptera, Culicidae) da área de influência indireta das hidrelétricas de Canoas I e II. Bacia do Rio Paranapanema-PR, de 1993 a 1995 (1997)

  • Authors:
  • Autor USP: MENEZES, REGIANE MARIA TIRONI DE - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HEP
  • Subjects: ECOLOGIA DE VETORES; CULICIDAE; CHUVA; HABITAT
  • Language: Português
  • Abstract: Desenvolveu-se estudo na area de influencia indireta das hidrelétricas de Canoas I e II, na bacia do Rio Paranapanema em duas localidades: Fazenda Santa Terezinha, município de Andirá, Fazenda São José, municipio de Itambaracá, no Estado do paraná, de março de 1993 a março de 1995, objetivando descrever a composição e atividade de mosquitos culicídeosmais abundantes. As coletas foram realizadas mensalmente durante o crepuscilo vespertino e intervalos pericrepusculares, na fase de construçao das hidreletricas. Utilizou-se armadilhas CDC/CO2, nos níveis da copa e do solo nos habitats de mata e margem de mata, no aberto, no intradomicílio e peridomicílio. Isca humana e armadilha de Shannon foram utilizadas no habitat aberto. Aedes scapularis espécie mais abundante, foi mais ativa no verão e, no inverno, durante e ao redor do crepúsculo vespertino, no habitat aberto das duas localidades. O máximo de atividade foi observado durante o período seco na margem da mata-solo da fazenda Santa Terezinha. Picos de atividade observados para Anopheles albitarsis s.l durante o periodo seco em coletas com armadilha de Shannon no habitat de ambas localidades, enquanto Anopheles argyritarsis foi mais ativo durante o verão. Em coletas comisca humana registrou-se para An. albitarsis s.l picos de atividade durante o final do verao e inverno das duas localidades. A argyritarsis e An. albitarsis s.l, compareceram com altos percentuais de atividade nos intervalospó-screpusculares. Culex dolosus e Culex(Cux.)sp. do grupo coronator apresentaram o mesmo ritmo de atividade com picos durante o período seco e primavera, início da estação chuvosa nos habitats de mata e margem de mata-solo. Coquilettidia venezuelensis e Coquilettidia juxtamansonia foram mais ativas durante os intervalos pós-crepusculares no verão, outono e primavera. Os picos mais altos foram registrados durante a última estação. ) A atividade sazonal e crepuscular dos mosquitos Culicidae mais abundantes, foi condicionada pelos períodos de chuva e de seca, pela disponibilidade de criadouro e de recurso alimentar, e pela seletividade das técnicas utilizadas nos diferentes habitats
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.08.1997

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MENEZES, Regiane Maria Tironi de; NATAL, Délsio. Composição e atividade de mosquitos (Diptera, Culicidae) da área de influência indireta das hidrelétricas de Canoas I e II. Bacia do Rio Paranapanema-PR, de 1993 a 1995. 1997.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.
    • APA

      Menezes, R. M. T. de, & Natal, D. (1997). Composição e atividade de mosquitos (Diptera, Culicidae) da área de influência indireta das hidrelétricas de Canoas I e II. Bacia do Rio Paranapanema-PR, de 1993 a 1995. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Menezes RMT de, Natal D. Composição e atividade de mosquitos (Diptera, Culicidae) da área de influência indireta das hidrelétricas de Canoas I e II. Bacia do Rio Paranapanema-PR, de 1993 a 1995. 1997 ;
    • Vancouver

      Menezes RMT de, Natal D. Composição e atividade de mosquitos (Diptera, Culicidae) da área de influência indireta das hidrelétricas de Canoas I e II. Bacia do Rio Paranapanema-PR, de 1993 a 1995. 1997 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021