Exportar registro bibliográfico

Bioecologia e potencial de controle biológico de Ecdytolopha aurantiana (Lima, 1927)(Lepidoptera: Tortricidae), o bicho-furão-dos-citros, através de Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (1998)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GARCIA, MAURO SILVEIRA - ESALQ
  • Unidades: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LET
  • Subjects: FRUTICULTURA; CONTROLE BIOLÓGICO; FITOSSANIDADE; ENTOMOLOGIA AGRÍCOLA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do trabalho foi desenvolver uma dieta artificial que permitisse criar Ecdytolopha aurantiana (Lima, 1927) durante todo o ano, propiciando o estudo de sua bioecologia, visando principalmente, a definição de uma técnica adequada de amostragem e a verificação do potencial de controle através do parasitóide de ovos Trichograma pretiosum Riley, 1879. Foi possível criar E. aurantiana em dietas artificiais com características biológicas semelhantes aquelas do inseto criado em dieta natural. A dieta à base de farinha de milho, germe de trigo e levedura de cerveja foi a mais adequada para criação do inseto em laboratório. A redução do número de instares, em relação ao alimento natural foi uma indicação da adequação nutricional da dieta. A metodologia desenvolvida para manutenção de adultos de E. aurantiana, mostrou-se adequada para criação contínua do inseto em laboratório. A separação dos sexos, nas fases de lagarta, pupa e adulto é confiável e segura. O número de instares em todas as dietas foi constante e igual a quatro. E. aurantiana se desenvolve melhor na variedade Natal, apresentando cinco instares quando criado na variedade Pera. A faixa térmica mais adequada para criação do bicho-furão foi de 28 a 30 graus C. Baseando-se nas exigências térmicas do inseto, pode ocorrer uma variação de 7 a 8,2 gerações anuais nas principais regiões citrícolas do Estado de São Paulo. Umidades relativas elevadas favorecem a postura e longevidade de E.aurantiana que tem hábirode postura crespuscular bem definido, seja em laboratório ou no campo. Em condições de semi-campo, 67% das pupas foram encontradas no solo e o restante, no fruto. A grande percentagem de frutos atacados encontra-se entre 1 e 2m de altura na planta. A amostragem do bicho-furão para estratégias de controle deverá ser feita baseando-se no adulto. O modelo de exigências térmicas estimado em laboratório se aplica às condições de campo. Adultos de E.aurantiana foram atraídos pelas lâmpadas BL e BLB. A coleta de frutos atacados no solo é insuficiente para evitar a evolução populacional do bicho-furão. A dispersão vertical de T. pretiosum em áreas de Citrus chegou a quatro metros. A dispersão horizontal de T.pretiosum foi de 11,02m com uma área de dispersão de 140,45'm POT.2', indicando serem necessários 71 pontos de liberação do parasitóide por ha. O braconídeo Hymeochacnia sp. parasitóide larval do bicho-furão, pode ser importante na manutenção do nível de equilíbrio desta praga
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.04.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GARCIA, Mauro Silveira; PARRA, José Roberto Postali. Bioecologia e potencial de controle biológico de Ecdytolopha aurantiana (Lima, 1927)(Lepidoptera: Tortricidae), o bicho-furão-dos-citros, através de Trichogramma pretiosum Riley, 1879. 1998.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1998.
    • APA

      Garcia, M. S., & Parra, J. R. P. (1998). Bioecologia e potencial de controle biológico de Ecdytolopha aurantiana (Lima, 1927)(Lepidoptera: Tortricidae), o bicho-furão-dos-citros, através de Trichogramma pretiosum Riley, 1879. Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Garcia MS, Parra JRP. Bioecologia e potencial de controle biológico de Ecdytolopha aurantiana (Lima, 1927)(Lepidoptera: Tortricidae), o bicho-furão-dos-citros, através de Trichogramma pretiosum Riley, 1879. 1998 ;
    • Vancouver

      Garcia MS, Parra JRP. Bioecologia e potencial de controle biológico de Ecdytolopha aurantiana (Lima, 1927)(Lepidoptera: Tortricidae), o bicho-furão-dos-citros, através de Trichogramma pretiosum Riley, 1879. 1998 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020