Exportar registro bibliográfico

Estudo dos mecanismos de transporte de prótons e bicarbonato em células do nefro distal de mamífero: papel do íon Cl negativo (1997)

  • Authors:
  • Autor USP: PEREZ, RICARDO FERNANDEZ - ICB
  • Unidade: ICB
  • Sigla do Departamento: BMB
  • Assunto: FISIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo geral deste trabalho foi analisar aspectos ainda inconclusos do transporte de 'H POT.+' e HC'O POT.- IND.3' no túbulo distal cortical de rato e em monocamadas de células MDCK em cultura. Na primeira etapa do trabalho estudamos a secreção resultante de bicarbonato, e sua dependência do íon 'Cl POT.-', a partir do registro contínuo do pH tubular em experimentos de microperfusão estacionária. Nestes experimentos foram utilizadas duas populações de ratos: Wistar e Brattleboro (animais com ausência genética do hormônio antidiurético) em condições controle e o de alcalose metabólica crônica. Somente no túbulo distal final de ratos Brattleboro alcalóticos a perfusão com soluções livre de 'Cl POT.-' reduziu o pH estacionário luminal, incrementando a meia vida da alcalinização, sugerindo a participação de um trocador 'Cl POT.-'/HC'O POT.- IND.3' na secreção de bicarbonato deste segmento tubular. Posteriormente, estudamos o papel da 'H POT.+' ATPase no estabelecimento da Vt do túbulo distal cortical de rato, determinando a natureza da corrente iônica de shunt que é responsável pela neutralização da eletrogenecidade desta bomba. Quando a via apical para 'Cl POT.-' foi inibida com NPPB a corrente positiva gerada pela 'H POT.+' ATPase ficou em evidência, sugerindo que o túbulo distal final de rato utiliza em forma preferencial o 'Cl POT.-' para shunt da acidificação eletrogênica, tal como foi demonstrado no ducto coletor medular do coelho. A velocidade de secreçãode 'H POT.+' neste segmento depende também da presença de uma corrente apical de 'Cl POT.-', fortalecendo a idéia de um acoplamento entre a 'H POT.+' ATPase e o transporte deste ânion. Na última etapa do trabalho utilizamos células MDCK do tipo I cultivadas sobre lamínulas de vidro, sendo feitas medidas contínuas do pH intracelular (pHi) por microscopia de fluorescência. Estas células apresentam dois mecanismos independentes de 'Na POT.+' para a ) recuperação do pHi após uma sobrecarga ácida: uma 'H POT.+' ATPase sensível a concanamicina e uma 'H POT.+'-'K POT.+' ATPase dependente de 'K POT.+' e sensível ao composto Schering. Esta recuperação do pHi depende da presença de uma corrente para 'Cl POT.-', sensível a NPPB, tal como observado no túbulo distal final do rato
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.12.1997

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERNANDEZ PEREZ, Ricardo; MALNIC, Gerhard. Estudo dos mecanismos de transporte de prótons e bicarbonato em células do nefro distal de mamífero: papel do íon Cl negativo. 1997.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.
    • APA

      Fernandez Perez, R., & Malnic, G. (1997). Estudo dos mecanismos de transporte de prótons e bicarbonato em células do nefro distal de mamífero: papel do íon Cl negativo. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Fernandez Perez R, Malnic G. Estudo dos mecanismos de transporte de prótons e bicarbonato em células do nefro distal de mamífero: papel do íon Cl negativo. 1997 ;
    • Vancouver

      Fernandez Perez R, Malnic G. Estudo dos mecanismos de transporte de prótons e bicarbonato em células do nefro distal de mamífero: papel do íon Cl negativo. 1997 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021