Exportar registro bibliográfico

Avaliação da resistência de união à dentina em função de quatro sistemas adesivos (1998)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MARINHO, VITOR ALEXANDRE - FOB
  • Unidades: FOB
  • Sigla do Departamento: BAD
  • Subjects: DENTÍSTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo foi realizado com a finalidade de se analisar comparativamente os valores de resistência adesiva à micro-tração utilizando-se quatro sistemas adesivos dentinários, os quais foram Scotchbond Multi-Purpose Plus, One Step, Prime & Bond 2.0 e Clearfil Liner Bond 2. O modo de aplicação também foi analisado com relação aos valores de resistência adesiva. Foram utilizados 40 terceiros molares não irrompidos, hígidos, extraídos cirurgicamente, analisados com lupa para verificação da integridade superficial. Estes dentes permaneceram armazenados em solução de soro fisiológico com cristais de timol à temperatura ambiente por um período de 1 a 3 meses após a extração até o momento dos testes. Os quarenta dentes foram divididos aleatoriamente em quatro grupos, sendo um grupo para cada sistema adesivo dentinário. Os dentes foram preparados eliminando-se a porção oclusal de esmalte na altura do terço médio da coroa, resultando uma superfície dentinária plana. Em seguida, utilizou-se uma lixa d'água de granulação 320 resultando uma smear layer para todos os espécimes previamente à utilização dos sistemas adesivos. Os sistemas adesivos foram utilizados de acordo com as instruções dos fabricantes, tendo sido condicionada toda a superfície dentinária. Logo após, restaurou-se os espécimes com resina composta Z100 (3M do Brasil), na cor A3, pela técnica incremental levada em posição e acomodada com o auxílio de uma espátula Thompson n.3, formando um blocode resina composta com altura de 3 a 5 mm. O corte da porção oclusal, procedimento adesivo e restauração dos espécimes foram realizados consecutivamente, não tendo sido os espécimes armazenados entre as etapas de corte da porção oclusal e procedimento adesivo, evitando-se a contaminação do substrato. Após restaurados, os espécimes foram armazenados em um recipiente com água destilada a '37GRAUS' por 24 horas. Após este período os espécimes foram colocados ) em um cilindro preenchido com uma resina epóxica para serem levados à máquina de cortes seriados onde os dentes foram colocados em fatias de 0,2 a 0,3 mm de espessura com um disco de diamante em baixa rotação e com água corrente para refrigeração. Obtidos os espécimes, foi então realizado um desgaste na altura da interface adesiva com uma ponta diamantada 2135FF até uma espessura de 0,7 a 0,8 mm, com o formato de uma ampulheta. A porção mais estreita coincidia exatamente com a interface adesiva. A área de superfície adesiva foi calculada antes do teste medindo-se a largura e espessura obtidas para cada espécime. Feito este desgaste, os espécimes foram colocados sobre uma gaze umedecida com água destilada para evitar o ressecamento o momento do teste adesivo. Os seguintes achados puderam ser obtidos deste estudo: - Os valores de resistência adesiva para os sistemas adesivos Scotchbond Multi-Purpose Plus, One Step e Prime & Bond 2.0 não apresentaram diferença estatisticamente significativaquando comparados entre si. - Quando os sistemas adesivos Scotchbond Multi-Purpose Plus, One Step e Prime & Bond 2.0 foram comparados com o sistema adesivo Clearfil Liner Bond 2 houve diferença estatisticamente significativa. - Não houve achados concretos quando se correlacionou o modo de aplicação (multi-step x one-step) com os valores de resistência adesiva para todos os sistemas utilizados. - Os resultados dos testes foram significativos o suficiente para que todos os sistemas adesivos utilizados sejam indicados clinicamente
  • Imprenta:
    • Place of publication: Bauru
    • Date published: 1998
  • Data da defesa: 09.02.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARINHO, Vitor Alexandre; FRANCISCHONE, Carlos Eduardo. Avaliação da resistência de união à dentina em função de quatro sistemas adesivos. 1998.Universidade de São Paulo, Bauru, 1998.
    • APA

      Marinho, V. A., & Francischone, C. E. (1998). Avaliação da resistência de união à dentina em função de quatro sistemas adesivos. Universidade de São Paulo, Bauru.
    • NLM

      Marinho VA, Francischone CE. Avaliação da resistência de união à dentina em função de quatro sistemas adesivos. 1998 ;
    • Vancouver

      Marinho VA, Francischone CE. Avaliação da resistência de união à dentina em função de quatro sistemas adesivos. 1998 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020