Exportar registro bibliográfico

Diagnóstico ou inquisição?: Estudo sobre o uso do diagnóstico psicológico na escola (1997)

  • Authors:
  • USP affiliated author: ANACHE, ALEXANDRA AYACH - IP
  • School: IP
  • Sigla do Departamento: PSA
  • Subjects: PSICODIAGNÓSTICO; EDUCAÇÃO ESPECIAL; TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM
  • Language: Português
  • Abstract: Analisa e discute o uso do diagnóstico psicológico em criança que não consegue obter sucesso no processo ensino-aprendizagem e, em decorrência disso, está sendo encaminhada para o ensino especial como deficiente mental leve. Questiona qual a função deste diagnóstico para o processo de escolarização do aluno, pois este procedimento serve apenas para atender as formalidades do sistema escolar. Realiza a pesquisa através de entrevistas semi-estruturadas com 13 psicólogos, 12 professores de ensino regular que encaminharam as crianças, 11 crianças, 10 mães e 11 professores do ensino especial que receberam os alunos, visto que a investigação com todos os envolvidos no processo de diagnóstico possibilita uma noção de totalidade e um índice de fidedignidade do fenômeno estudado. A análise qualitativa e quantitativa de suas respostas autorizam as seguintes afirmações: os profissionais acima citados desconhecem o conceito oficial de deficiência mental; os psicólogos apresentam dificuldades em fazer o diagnóstico e atuar dentro da escola; os professores do ensino regular dificilmente recebem orientações sobre o aluno que permanece em sua sala de aula; os professores da classe especial e sala de recursos são meros espectadores desse processo, principalmente quanto ao uso dos resultados dos diagnósticos para o seu planejamento; as equipes psicopedagógicas encaminham as crianças para o ensino especial sem a conclusão do diagnóstico ou encaminham os alunos para asala de recursos quando há dúvidas sobre o diagnóstico da deficiência mental; as mães desconhecem a função do diagnóstico e da possível causa do fracasso escolar do filho; as crianças são pouco informadas sobre o processo que estão vivenciando e os progressos das mesmas são ínfimos tanto no ensino regular como no especial. Aponta a necessidade de redimensionar o uso do diagnóstico psicológico na escola, tornando-o mais significativo para seus usuários. Sugere que o ) diagnóstico psicológico esteja orientado não só para a identificação da deficiência mental, mas também para detectar as necessidades do aluno, visando subsidiar o planejamento educacional com ele e sua turma
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.12.1997

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ANACHE, Alexandra Ayach; KOVÁCS, Maria Júlia. Diagnóstico ou inquisição?: Estudo sobre o uso do diagnóstico psicológico na escola. 1997.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.
    • APA

      Anache, A. A., & Kovács, M. J. (1997). Diagnóstico ou inquisição?: Estudo sobre o uso do diagnóstico psicológico na escola. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Anache AA, Kovács MJ. Diagnóstico ou inquisição?: Estudo sobre o uso do diagnóstico psicológico na escola. 1997 ;
    • Vancouver

      Anache AA, Kovács MJ. Diagnóstico ou inquisição?: Estudo sobre o uso do diagnóstico psicológico na escola. 1997 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022