Exportar registro bibliográfico

Fungos mitospóricos associados a folhas de Miconia cabussu Hoehne (Melastomataceae), na reserva biológica de Paranapiacaba (Mata Atlântica) (1998)

  • Authors:
  • Autor USP: GUSMÃO, LUÍS FERNANDO PASCHOLATI - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIB
  • Assunto: FUNGOS
  • Language: Português
  • Abstract: Os Fungos Mitospóricos são caracterizados pelas estruturas de reprodução assexuada, os conídios e conidióforos, e através da morfologia dessas, é que são identificados. Esses fungos tem um papel prepoderante na manutenção do equilíbrio ecológico dos ecossistemas, sendo encontrados em diferentes habitats, com diferentes funções. A Reserva Biológica de Paranapiacaba está inserida no ecossistema Mata Atlântica, localiza-se no Município de Santo André, Estado de São Paulo, a '23 GRAUS'46' de latitude sul e '46 GRAUS'18' de longitude oeste, recebendo cerca de 230 tipos de poluentes do complexo industrial de Cubatão/SP. Miconia cabussu Hoehne é uma das espécies mais abundantes nessa Reserva, e tem sido estudada para recomposição da vegetação e no biomonitoramento passivo da poluição. Folhas vivas e em decomposição dessa espécie foram utilizadas para a verificação da presença de Fungos Mitospóricos. No período de outubro/95 a outubro/96, foram coletadas de dois em dois meses, 20 folhas vivas e em decomposição, em seis pontos na mata, sendo três em área mais poluída e três em área menos poluída. Cada amostra foi lavada 30x com água destilada esterilizada e posterior plaqueamento em câmaras-úmidas, as quais ficaram a temperatura ambiente por 45 dias, período de isolamento dos fungos. Os fungos foram isolados com auxílio de estiletes e agulhas de insulina; lâminas permanentes com resina PVL, foram confeccionadas e depositadas no Herbário SP. Algumas espéciesisoladas em culturas puras, foram depositadas na coleção de culturas da Seção de Micologia e Liquenologia. Foram identificados 65 táxons, pertencentes a 48 gêneros, quais sejam, Arthrobotrys oligospora Fresenius, *Beltrania malaiensis Wakefield, B. rhombica Penzig, Beltraniella cf. japonic, B. portoricensis (Stevens) Pirozynski & Patil, Beltraniopsis cf. ramosa Castaneda, Beltraniopsis sp., Camposporium antennatum Harkeness, *Chaetendophragmia triangularia ) Matsushima, Chaetopsina fulva Rambelli, C. splendida Sutton & Hodges, Chalara alabamensis Morgan-Jones & Ingram, *C. cylindrosperma (Corda) Hughes, *C. microspora (Corda) Hughes, Circinotrichum olivaceum (Spegazzini) Pirozynski, Cladosporium cladosporioides (Freseniu) de Vries, C. oxysporum Berk. & Curt., Colletotrichum sp., Curvularia pallescens Boedjin, Cylindrocladium candelabrum Viégas, C. gracile (Bugn.) Boesewinkel, C. quinqueseptatum Boedjin & Reifsma, C. spatulatum El-Gholl, Kimbrough, Barnard, Alfieri & Schoulties, Dactulella sp., Dictyochaeta novae-guineensis (Matsushima) Romero, *Endophragmiella boewei (Crane) Hughes, Epicoccum nigrum Link, Fusarium sp., Gliocladium sp., Gyrothrix circinata (Berk. & Curt.) Hughes, G. verticiclada (Goid.) Hughes & Pirozynski, Helicosporium sp., Helminthosporium velutinum Link: S.F. Gray, *Henicospora coronata Sutton & Kirk, Memnoniella echinata (Riv.) Galloway, *Menisporopsis pirozynskii Varghese & Rao, M. theobromae Hughes, Myrothecium sp., Nigrospora sphaerica (Sacc.)Masson, Parasympodiella laxa (Subram & Vital) Ponnapa, Penicillium sp., Periconia byssoides Pers., Pestalotiopsis sp., Phaeoisaria clematidis (Fuckel) Hughes, Pithomyces chartarum (Berk. & Curt.) Ellis, Pyricularia fusispora (Matsushima) Zucconi, Onofri & Persiani, *Rhinocladiella selenoides (de Hoog) Onofri & Castagnola, *Selenodriella perramosa Kendrick et Castaneda, *Selenosporella curvispora MacGarvie, *Speiropsis scopiformis Kuthubutheen & Nawawi, Stachybotrys atra Corda, *Stribella aciculosa (Ellis & Everhart) Seifert, *Subulispora longirostrata Nawawi & Kuthubutheen, S. procurvata Tubaki, Thozetella cristata Pirozynski & Hodges, T. cubensis Castaneda & Arnold, Tripospermum myrti (Lind) Hughes, *Triramulispora gracilis Matsushima, Verticillium sp., Volutella minima Hönhel, Volutella sp. 1, Volutella sp. 2, Volutella sp. 3, Wiesneriomyces laurinus (Tassi) Kirk e *Zygosporium ) echinosporum Bunting & Mason. As espécies com asterisco (*) constituem novos registros para o Brasil. Para as espécies encontradas foram feitas descrições, ilustrações, comentários e distribuição geográfica; para os táxons que não puderam ser identificados a nível específico, um ou outro desses itens. Dos fungos isolados, 57 estavam presentes no folhedo e, desses, 11 ocorreram com 100% de freqüência e 13 apareceram apenas uma vez. Das folhas vivas foram isolados 27 táxons e, desses, cinco ocorreram com 100% de freqüência e sete apareceram apenas uma vez. O Índice de Similaridadede Sorensen, indicou uma alta similaridade, acima de 70%, entre os fungos das áreas mais e menos poluída, e uma baixa similaridade, em torno de 30-40%, entre os fungos das folhas vivas e os do folhedo. Trinta cinco táxons foram isolados exclusivamente do folhedo, e apenas oito das folhas vivas; e 19 foram comuns aos dois substratos. Curva acumulativa de táxons para as folhas vivas e para as em decomposição, demonstraram que a técnica utilizada, bem como o período de coleta foram satisfatórios. O Índice de Riqueza de espécies de Michaelis-Menten, revelou a necessidade de um período de coleta um pouco maior para os fungos isolados das folhas vivas; no entanto, para os fungos registrados no folhedo as coletas parecem ter sido suficientes. A alta similaridade entre as áreas mais e menos poluída, pode indicar que a micota isolada não foi sensível ao nível de poluição apresentado nessas áreas; recomenda-se o uso de curvas acumulativas e índices de riqueza de espécies para a observação da eficácia da metodologia, período de coleta, bem com, para o acesso a biodiversidade; e por fim, alguns gêneros constantes nesse estudo necessitam de uma revisão taxonômica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.03.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GUSMÃO, Luís Fernando Pascholati; MILANEZ, Adauto Ivo. Fungos mitospóricos associados a folhas de Miconia cabussu Hoehne (Melastomataceae), na reserva biológica de Paranapiacaba (Mata Atlântica). 1998.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.
    • APA

      Gusmão, L. F. P., & Milanez, A. I. (1998). Fungos mitospóricos associados a folhas de Miconia cabussu Hoehne (Melastomataceae), na reserva biológica de Paranapiacaba (Mata Atlântica). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Gusmão LFP, Milanez AI. Fungos mitospóricos associados a folhas de Miconia cabussu Hoehne (Melastomataceae), na reserva biológica de Paranapiacaba (Mata Atlântica). 1998 ;
    • Vancouver

      Gusmão LFP, Milanez AI. Fungos mitospóricos associados a folhas de Miconia cabussu Hoehne (Melastomataceae), na reserva biológica de Paranapiacaba (Mata Atlântica). 1998 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021