Exportar registro bibliográfico

Avaliação da resistência ao cisalhamento em dentina de cimentos de ionômero de vidro, convencionais e modificados com resina e uma resina composta, variando-se os sistemas adesivos e a técnica de secagem da dentina (1997)

  • Authors:
  • Autor USP: NOVAES JÚNIOR, JOÃO BATISTA - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAM
  • Subjects: DENTÍSTICA; MATERIAIS DENTÁRIOS
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho tem o objetivo de avaliar a resistência ao cisalhamento em dentina de cimentos de ionômero de vidro convencionais e modificados, empregando-se três sistemas adesivos e duas técnicas de secagem da dentina. Os materiais utilizados foram: um cimento de ionômero de vidro convencional (Chelon-fil - ESPE), um cimento de ionômero de vidro modificado com resina (Vitremer - 3M), um "compômero" ou resina composta modificada com poliácidos (Dyract - Dentsply) e uma resina composta (TPH Dentsply). No trabalho foram utilizados pré-molares e molares humanos extraídos, que tiveram uma de suas superfícies proximais desgastadas até se obter uma superfície plana em dentina. Os espécimes foram divididos em 4 grupos experimentais. No grupo 4.3.1., a dentina foi condicionada com o adesivo próprio indicado pelo fabricante do material restaurador; no grupo 4.3.2., a dentina foi condicionada com um sistema adesivo experimental Gluma C; no grupo 4.3.3., a dentina foi condicionada com o sistema adesivo Prime & Bond 2.0 (Dentsply); e no grupo 4.3.4., a dentina foi condicionada com o sistema adesivo Scotchbond MP (3M). A técnica de secagem da dentina utilizada foi jato de ar por 5 segundos, considerada técnica seca, e lenço de papel aplicado duas vezes sobre a dentina, considerada técnica úmida. Os materiais foram utilizados de acordo com as instruções dos fabricantes e os espécimes armazenados em água desionizada por 24 horas. Após esse período, foram levados a uma máquinauniversal de testes, para avaliação da resistência adesiva ao cisalhamento. A análise estatística mostrou que os sistemas adesivos podem melhorar significantemente a força de união dos cimentos utilizados, exceto para o C.I.V. convencional. Para o cimento Dyract, a melhor combinação foi a do adesivo próprio na técnica úmida, que apresentou o maior resultado, de 23,36MPa. Os resultados com cimento Vitremer, utilizando-se os sistemas adesivos ) Prime & Bond 2.0 e o adesivo experimental Gluma C, foram de 16,45MPa e 13,58MPa, respectivamente. Esses adesivos melhoraram significantemente a adesão quando comparados com o adesivo próprio. O trabalho conclui que os sistemas adesivos aumentaram a resistência adesiva dos cimentos de ionômero de vidro modificados, e que este aumento é tanto maior quanto maior for a quantidade do componente resinoso do material. Com relação à técnica de secagem da dentina, a técnica úmida foi significantemente melhor que a técnica seca (p<0,01)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.12.1997

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NOVAES JÚNIOR, João Batista; ARAÚJO, Paulo Amarante de. Avaliação da resistência ao cisalhamento em dentina de cimentos de ionômero de vidro, convencionais e modificados com resina e uma resina composta, variando-se os sistemas adesivos e a técnica de secagem da dentina. 1997.Universidade de São Paulo, Bauru, 1997.
    • APA

      Novaes Júnior, J. B., & Araújo, P. A. de. (1997). Avaliação da resistência ao cisalhamento em dentina de cimentos de ionômero de vidro, convencionais e modificados com resina e uma resina composta, variando-se os sistemas adesivos e a técnica de secagem da dentina. Universidade de São Paulo, Bauru.
    • NLM

      Novaes Júnior JB, Araújo PA de. Avaliação da resistência ao cisalhamento em dentina de cimentos de ionômero de vidro, convencionais e modificados com resina e uma resina composta, variando-se os sistemas adesivos e a técnica de secagem da dentina. 1997 ;
    • Vancouver

      Novaes Júnior JB, Araújo PA de. Avaliação da resistência ao cisalhamento em dentina de cimentos de ionômero de vidro, convencionais e modificados com resina e uma resina composta, variando-se os sistemas adesivos e a técnica de secagem da dentina. 1997 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021