Exportar registro bibliográfico

Clonagem, identificação e sequenciamento de um gene de resistência a nistatina de Saccharomyces cerevisiae (1997)

  • Authors:
  • USP affiliated author: ALMEIDA, JUAN LUCAS ARGUESO GOMES DE - ESALQ
  • School: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: GENÉTICA; LEVEDURAS
  • Language: Português
  • Abstract: O híbrido de Saccharomyces cerevisiae M606 é uma levedura de aplicação industrial que alia alta capacidade de produção de etanol a resistência ao antibiótico poliênico nistatina. Com o objetivo de isolar o gene que confere a esse organismo a capacidade de se multiplicar na presença dessa substância, tóxica a leveduras e à maioria dos fungos, foi construída uma biblioteca genômica com o DNA de uma linhagem segregante de M606, M606.1c. Um plasmídio epissomal de levedura contendo um fragmento genômico da biblioteca de 5900 pares de bases foi capaz de conferir resistência a linhagens sensíveis quando introduzido por transformação. A determinação da seqüência de nucleotídeos desse fragmento de DNA, designado NYS1, permitiu a sua localização no braço longo do cromossomo XIV de Saccharomyces cerevisiae. A subclonagem do fragmento NYS1 revelou que o gene responsável pela resistência é o quadro de leitura aberta (ORF) conhecido como YNL231C, que passa a ser denominado NYS, gene de resistência a nistatina de Saccharomyces cerevisiae. O gene NYS foi subclonado em um fragmento de 1337 pares de bases, que foi nomeado NYS3. Esse plamídio foi utilizado para transformar linhagens sensíveis, conferindo-lhes resistência. Sua seqüência de nucleotídeos foi integralmente determinada e comparada com o Banco de Dados de Genoma de Saccharomyces cerevisiae para a identificação das diferenças ao nível do DNA entre os mutantes NYS e o tipo selvagem sensível a nistatina. Não foramidentificadas diferenças de seqüência entre o tipo selvagem e o gene clonado. Esse dado sugere que o gene clonado não é o mesmo que é responsável pela resistência de M606.1c. M606.1c apresentou o derivado de ergosterol cholesta-5,7,22,24-tetraenol, que parece estar ligado à resistência. As leveduras transformadas com o gene NYS não apresentaram a formação desse composto, sendo este mais um dado que sugere a clonagem de um segundo gene de resistência. A provável explicação para a resistência conferida por um gene selvagem seria o alto número de cópias em que ele se apresenta nos transformantes. O desequilíbrio na dosagem do produto gênico de NYS, possivelmente teria tido como efeito alguma alteração na membrana plasmática que levou à resistência a nistatina
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.08.1997
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALMEIDA, Juan Lucas Argüeso Gomes de; TAVARES, Flavio Cesar Almeida. Clonagem, identificação e sequenciamento de um gene de resistência a nistatina de Saccharomyces cerevisiae. 1997.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1997. Disponível em: < http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20181127-160038/ >.
    • APA

      Almeida, J. L. A. G. de, & Tavares, F. C. A. (1997). Clonagem, identificação e sequenciamento de um gene de resistência a nistatina de Saccharomyces cerevisiae. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20181127-160038/
    • NLM

      Almeida JLAG de, Tavares FCA. Clonagem, identificação e sequenciamento de um gene de resistência a nistatina de Saccharomyces cerevisiae [Internet]. 1997 ;Available from: http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20181127-160038/
    • Vancouver

      Almeida JLAG de, Tavares FCA. Clonagem, identificação e sequenciamento de um gene de resistência a nistatina de Saccharomyces cerevisiae [Internet]. 1997 ;Available from: http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20181127-160038/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020