Exportar registro bibliográfico

Relações entre padrões de forrageio, morfologia e uso de recursos no gênero Drymophil (aves: Thamnophilidae) (1997)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, ANDREA LEME DA - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIE
  • Assunto: ECOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A fim de entender os mecanismos de partilha de recursos relacionados com a alta diversidade dos formicarídeos na Mata-Atlântica, foram estudadas as relações entre uso do habitat, padrões de forrageio e morfologia em cinco espécies sintópicas do gênero Drymophila. Os estudos foram conduzidos no Parque Estadual Intervales, SP, e dados sobre o comportamento alimentar foram coletados durante 1995 e 1996.D ochropyga desaloja artrópodos principalmente de folhas mortas de bambu, D.ferruginea-D.rubricollis pegam ou perseguem artrópodos em vários substratos de bambus, e D.malura é um generalista de habitat, utilizando vários substratos como folhas verdes, folhas mortas e galhos, comumente dependurando-se para capturar presas na vegetação herbácea. A sobreposição de nicho foi medida a partir da combinação de 11 variáveis de manobra e substrato. D. ferruginea e D.rubricollis tiveram maior sobreposição ecológica (82%). Ambas espécies são especializadas em forragear nas folhas verdes de bambus, utilizam manobras similares e forrageiam na mesma altura da vegetação. Duas razões podem explicar a tal coexistência apesar da elevada sobreposição ecológica: superabundância de recursos ou uso preferencial de diferentes espécies de bambus (Guadua e Chusques), o que consequentemente reduz a sobreposição da dieta. O comportamento alimentar e o tipo de substrato foram ordenados por Análise de Correspondência (CA) e dois eixos derivados acumularam 82,4% da variânciatotal. O primeiro eixo separou os usuários de folhas secas (D. ochropyga) em relação às demais espécies. O segundo eixo distinguiu as espécies de acordo com diferenças nas manobras de forrageio. D. malura como usuária de manobras acrobáticas e, D. ferruginea-D. rubricollis, como catadoras e usuárias de manobras aéreas A morfologia das espécies foi definida por 10 caracteres externos, os quais foram ordenados por Análise de Componentes Principais. O primeiro componente explicou 29% da variabilidade dos dados e está fortemente correlacionado com o comprimento da cauda, separando D. malura no espaço morfológico das outras espécies. O segundo e terceiro componentes explicaram, juntos, 29,8% da variância total, mas não foi possível interpretar a representação gráfica. A presença de uma cauda maior em D. malura pode ser uma adaptação relacionada ao maior uso de manobras acrobáticas em poleiros verticais. A abundância absoluta de artrópodos em diferentes substratos de forrageio usados por Drymophila foi quantificada. Folhas mortas mostraram maior abundância por unidade foliar ('mü'=0,31) em comparação com as folhas verdes ('mü'-0,02). Em adição, a maioria dos insetos que habitam folhas mortas é críptica, noturna e não-voadora; na biomassa predominam aranhas (35-45%), baratas (9-17%), coleópteros (14-21%) e grandes ortópteros (3-8%). Por outro lado, artrópodos em folhas verdes são em geral mais coloridos e ativos; amaior biomassa é composta por lagartas (1-15%), aranhas (35-73%), coleópteros (10-25%) e ortópteros (2-8%). Foi concluído que (1) aves selecionam substratos não-aleatoriamente com base na disponibilidade diferencial de presas em cada substrato; (2) a coexistência simpátrica e sintópica destas espécies é mantida pela especialização de habitat e substrato
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.04.1997

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Andréa Leme da; MENDES, Erasmo Garcia. Relações entre padrões de forrageio, morfologia e uso de recursos no gênero Drymophil (aves: Thamnophilidae). 1997.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.
    • APA

      Silva, A. L. da, & Mendes, E. G. (1997). Relações entre padrões de forrageio, morfologia e uso de recursos no gênero Drymophil (aves: Thamnophilidae). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Silva AL da, Mendes EG. Relações entre padrões de forrageio, morfologia e uso de recursos no gênero Drymophil (aves: Thamnophilidae). 1997 ;
    • Vancouver

      Silva AL da, Mendes EG. Relações entre padrões de forrageio, morfologia e uso de recursos no gênero Drymophil (aves: Thamnophilidae). 1997 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021