Exportar registro bibliográfico

Crescimento, assimilação e teores de compostos nitrogenados em plantas de Catasetum fimbriatum (Morren) Lindl. (Orchidaceae) cultivadas in vitro com diferentes fontes de nitrogênio (1997)

  • Authors:
  • Autor USP: MAJEROWICZ, NIDIA - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIB
  • Assunto: PLANTAS CULTIVADAS (FISIOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Estudou-se o crescimento, a atividade de enzimas da assimilação do nitrogênio e os conteúdos de N'O IND.3 POT. -', N'H IND.4 POT.+'e clorofila em três grupos distintos de plantas da orquídea epífita Catasetum fimbriatum. As plantas foram cultivadas in vitro na presença de 6mM de fontes inorgânicas (N'O IND.3 POT.-'e N'H IND.4 POT.+') e orgânicas (uréia e glutamina) de nitrogênio (N) durante 30 e 60 dias. As determinações da atividade in vivo da nitrato redutase (NR), da atividade in vitro da glutamina sintetase (GS), da glutamato desidrogenase (GDH) e do teor de compostos nitrogenados foram reslizadas nos eixos caulinares (lâminas foliares + pseudobulbos) raizes de plantas oriundas de sementes germinadas assimbioticamnete (população) e em dois clones de C.fimbriatum que se distinguiam quanto ao padrão de participação de matéria seca e fresca entre eixos culinares e raízes. O crescimento das plantas de C,fimbriatum foi máximo na presença de glutamina enquanto que entre as fontes inorgânicas de N as maiores taxas de crescimento foram obtidas na proporção 3:2 de N'O IND.3 POT.-': N'H IND.4 POT.+'. A presença de uréia e de N'H IND.4 POT.+'como fontes exclusivas de N restrigiu o crescimento das raízes e a de N'O IND.3 POT.-' estimulou o crescimento destes órgãos. As regiões apicais das raizes (2cm) representaram o principal sítio de redução de NO3- nesta espécie. Todavia, os baixos valoress da atividade da NR obtidos in vivo (0,064 a 0,102 'mü'moles N'O IND.2POT.-' 'g POT. -1' m.fr. 'h POT.-1') parecem indicar que C.fimbriatum possui uma baixa capacidade de assimilação de N'O IND.3 POT.-' mesmo em condições não limitantes quanto à disponibilidade de N'O IND. 3 POT.-'e de carboidratos. A atividade da GS nos eixos caulinares foi de aproximadamente 9,5 vezes maior que a das raízes, apresentando uma correlação altamente positiva com o conteúdo de proteínas solúveis após 30 dias de cultivo em quaisquer das fontes de N.(continua) ) A atividade específica da enzima nos tecidos caulinares de cada genótipo não diferiu entre as fontes de N. Entretanto, comparando-se a atividade específica da GS caulinar entre os genótipos encontrou-se diferenças significativas na presença das fontes orgânicas de N e na presença simultânea de N'O IND.3 POT.-' e N'H IND.4 POT.+'. O aumento da concentração de N'H IND.4 POT.+' no meio de cultura não alterou a atividade da GDH nos eixos caulinares mas promoveu a atividade radicular desta enzima de modo proporcional à concentração externa deste cátion após 30 dias de cultivo. A atividade radicular da GDH também foi significativamente estimuladaa nas plantas cultivadas na presença de glutamina. A atividade das enzimas NR, GS e GDH tendeu a apresentar valores significativamente superiores nas plantas do clone que se caracterizava por acumular matéria seca predominantemente nos eixos caulinares. Discute-se as diferenças quanto ao crescimento e quanto à atividade diferenciada das enzimas deassimilação do nitrogênio encontradas nos três genótipos de C.fimbriatum cultivados em 5 proporções distintas de N'O IND.3 POT.-': N'H IND.4 POT.+'e nas duas fontes orgânicas de N
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.03.1997

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MAJEROWICZ, Nídia; KERBAUY, Gilberto Barbante. Crescimento, assimilação e teores de compostos nitrogenados em plantas de Catasetum fimbriatum (Morren) Lindl. (Orchidaceae) cultivadas in vitro com diferentes fontes de nitrogênio. 1997.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.
    • APA

      Majerowicz, N., & Kerbauy, G. B. (1997). Crescimento, assimilação e teores de compostos nitrogenados em plantas de Catasetum fimbriatum (Morren) Lindl. (Orchidaceae) cultivadas in vitro com diferentes fontes de nitrogênio. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Majerowicz N, Kerbauy GB. Crescimento, assimilação e teores de compostos nitrogenados em plantas de Catasetum fimbriatum (Morren) Lindl. (Orchidaceae) cultivadas in vitro com diferentes fontes de nitrogênio. 1997 ;
    • Vancouver

      Majerowicz N, Kerbauy GB. Crescimento, assimilação e teores de compostos nitrogenados em plantas de Catasetum fimbriatum (Morren) Lindl. (Orchidaceae) cultivadas in vitro com diferentes fontes de nitrogênio. 1997 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021