Exportar registro bibliográfico

Expansões canto para Malevich Mondeiana (1997)

  • Authors:
  • USP affiliated author: JOHAS, REGINA HELENA PEREIRA - ECA
  • School: ECA
  • Sigla do Departamento: CAP
  • Subject: HISTÓRIA DA ARTE
  • Language: Português
  • Abstract: O presente texto consiste num mapeamento da produção artística que resultou nos três núcleos de trabalhos que conferem corpo à tese de Mestrado. As obras aqui docuemntadas abrangem diversos media, indo da pintura-objeto à infografia. O primeiro grupo de trabalhos, denominado Expansões, reúne uma série de pinturas-objeto, constítuidas por telas-módulo ora recobertas por tecido, ora por uma pintura de textura ornamental e cores iridescentes. Segue-se uma instação intitulada Canto para Malevoch, uma configuração igualmente elaborada a partir da justaposição de telas-módulo e que teve como motivo inicial o quadrado negro Malveich. Ocupando um canto de sala, tal instalação é fruto da intenção de se apropriar do espaço de inserção da obra e incorpora-lo. Por fim o terceiro agrupamento de trabalhos foi desenvolvido em infografia, abrindo-se aqui um novo caminho para a experimentação plástica. O computador colocou questões novas para a reflexão acerca dos procedimentos, e principalmente sobre a própria natureza da operação poética. O condicionamento do fazer artístico a programas constitui a essência mesma da operacionalidade desse novo media. Tal condição é determinante para o processo criativo, na medida em que a maméria virtual atua como constante intermediadora entre o artista e a imagem, interferindo assim na lógica da ação criadora, a qual anteriormente era determinada pela imediatez na relação entre ação (gesto) e imagem configurada. Esse aspectopeculiar da utilização do computador como meio de experimentação plástica contituiu o encaminhamento necessário para uma série de preocupações anteiores que já se ocuipavam da noção de um gesto que chamei de "prisioneiro", condicionado a programas preexistentes. Tal desenvolvimento apoia-se numa concepção de arte como lugar de espelhamentos, marcado pela impossibilidade (hodierna) de se estabelecer um contato direto com as coisas: reflexo de outros discursos, ecos dentro de outros ecos. As reflexões fundadas no fazer artístico abrangem ainda outro aspecto: a questão da natureza dos objetos. Constítuidos a partir de módulos - fragmentos de suerfícies que tenderiam a expandir-se ad infinitum -, tais objetos resultam em estruturas arbitrárias, uma vez que guradam a memória de inúmeras outras configurações possíveis. Os três núcleos da pesquisa reacionam-se com as suas fontes - inicialmente uma referência contemporânea, a da arte minimalista, e, posteriormente, o Neoplasticismo e o Suprematismo - de modo bastante intenso, incorporando alguns ícones da modernidade como motivos para a sondagem plástica. Tal recuperação da tradição fez-se sempre segundo uma assimilação crítica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.09.1997

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JOHAS, Regina Helena Pereira; GROSS, Carmela. Expansões canto para Malevich Mondeiana. 1997.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.
    • APA

      Johas, R. H. P., & Gross, C. (1997). Expansões canto para Malevich Mondeiana. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Johas RHP, Gross C. Expansões canto para Malevich Mondeiana. 1997 ;
    • Vancouver

      Johas RHP, Gross C. Expansões canto para Malevich Mondeiana. 1997 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022