Exportar registro bibliográfico

Estudo de variedades do grupo das tangerineiras: caracterização e avaliação dos frutos (1997)

  • Authors:
  • Autor USP: PIO, ROSE MARY - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LHO
  • Subjects: FITOTECNIA; FRUTICULTURA
  • Language: Português
  • Abstract: Foram estudados 15 tipos de tangerinas, com possível valor comercial. Os tipos de tangerinas, de clones micelares foram selecionados dentre os existentes no BAG-Cetros no Centro de Agricultura Sylvio Moreira, do IAC. Os tipos estudados foram osseguintes: Tangerinas - vermelha 7, Loose Jacket, Szuwerbon e Szinbom Tizon, Szu wirbon, Shan (Americana, Clementina caçula 4 e Clementina caçula 3) e as mexericas Pernambucana, 114412, Mogi das Cruzes e Tradia da Sicília. As plantas estavamenxertadas em tangerineira "Cleópatra" e contavam com 8 anos de plantio, no início do estudo. Os estudos desenvolveram-se por três anos (1994, 1995 e 1996) entre abril e setembro. Foram estudadas as seguintes características: altura, diâmetro,colorações da cana, porcentagem e coloração do suco, número de sementes, porcentagem de sólidos solúveis; percentagem de acidez, sólidos solúveis, acidez ("ratio") e índice tecnológico/Rg de sólidos solúveis/caixa. Este estudo possibilitou adescrição das características do fruto de cada tipo e permitiu as seguintes conclusões: 1) as variedades que apresentaram os maiores valores de peso do fruto foram as tangerinas Roosehaugh Nartinee e Spon Americana; 2) Os maiores valores médiosde peso do fruto foram obtidos pelas tangerinas Thomas, De welt, Rosehaugh, Nartger, S Szuwerbon x Szenkon Tegon e Spon Americana; 3) Quanto à cor de casca máxima da tangerina Poncã, destacaram-se: Rosehaugh nartezer e e Locse Iacret; 4) Asmaiorespercentagens de suco (superiores a 45%) foram obtidas pelas tangerinas clementina caçula 3, sul da África e Loose locket e pelas mexericas taritia da Sicília e 114411; 5) Considerando os valores de "ratio" a partir do mês de abril podemser colhidos os frutos da tangerina Spon Americana; a partir de maio, a tangerina Rosehaugh nartger e as mexericas 11412 e Mogi das Cruzes - de junho, as tangerinas Loose e Jacket, de Weldt Szuwinbom x Szinbom Tizon, Szuwinbom e ) Clementina caçula 4 e a mexerica Pernambucana; de julho, as tangerinas sul da África e clementina caçula 3 e de agosto; 6) a tangerina vermelha 7 mostrou tendência a ter um comportamento bem tardio, com maturidade a partir deoutubro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.04.1997
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PIO, Rose Mary; MINAMI, Keigo. Estudo de variedades do grupo das tangerineiras: caracterização e avaliação dos frutos. 1997.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1997. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-20200111-142701/ >.
    • APA

      Pio, R. M., & Minami, K. (1997). Estudo de variedades do grupo das tangerineiras: caracterização e avaliação dos frutos. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-20200111-142701/
    • NLM

      Pio RM, Minami K. Estudo de variedades do grupo das tangerineiras: caracterização e avaliação dos frutos [Internet]. 1997 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-20200111-142701/
    • Vancouver

      Pio RM, Minami K. Estudo de variedades do grupo das tangerineiras: caracterização e avaliação dos frutos [Internet]. 1997 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-20200111-142701/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021