Exportar registro bibliográfico

Efeitos do incremento da fibra em detergente neutro, sobre parâmetros de desempenho, de digestibilidade dos componentes dietéticos e da morfologia intestinal de marrãs (1996)

  • Authors:
  • Autor USP: GOMES, JACINTA DIVA FERRUGEM - FZEA
  • Unidade: FZEA
  • Subjects: NUTRIÇÃO ANIMAL; SUINOCULTURA; DIGESTÃO ANIMAL; ALIMENTAÇÃO ANIMAL; INTESTINO DE ANIMAL
  • Language: Português
  • Abstract: Embora os suínos apresentem limitada capacidade em degradar material fibroso, é possível utilizar fontes fibrosas na ração de determinadas categorias animais, como por exemplo suínas em fases pré-púbere e púbere, devido à necessidade de moderado ganho de peso neste período. Por ocasião do primeiro cio útil (terceiro cio fisiológico), as fêmeas devem apresentar valores mínimos de 110 kg de peso corporal e 1,8-2,0 cm de espessura de toucinho. O objetivo desta pesquisa foi o de determinar os efeitos causados pelo emprego de 0; 6,6; 13,2 e 19,8% de fibra em detergente neutro (FDN), na ração basal de fêmeas suínas em fase pré-púbere e púbere (marrãs). As concentrações de FDN na ração, foram obtidas através da inclusão de 0, 10, 20 e 30 % de feno de "coast cross" (Cynodon dactylon), respectivamente. Foram utilizadas 20 marrãs puras e mestiças, das raças Landrace e Large White, com peso e idade médias iniciais de 52,85 kg e 110 dias, em um experimento em blocos casualizados, com cinco repetições/tratamento. Em relação às características de desempenho animal, o incremento de FDN na ração de marrãs, promoveu respostas lineares (P<0,01) no ganho diário de peso (0,675; 0,607; 0,525; 0,483 g/d); no peso corporal por ocasião do primeiro cio útil (118,0; 114,0; 102,2; 98,2 kg); na conversão alimentar (3,6; 4,0; 4,7; 5,3); e resposta quadrática (P<0,05) na espessura de toucinho (3,28; 3,34; 2,82; 1,74 cm). No referente à idade de ocorrência do primeiro cio útil, não houve registro deefeito significativo (P>0,10) sobre esta característica, a qual apresentou valor médio de 203 dias. A digestibilidade dos componentes dietéticos foi influenciada pela presença de fibra dietética na ração das marrãs. A adição de FDN promoveu resposta linear (P<0,01) na digestibilidade da matéria seca (76,23; 67,23; 55,83; 55,73 %); também linear (P<0,05) da fibra em detergente neutro (56,63; 44,24; 34,17; 39,12 %); quadrática (P<0,05) ) no coeficiente de digestibilidade da proteína bruta (72,16; 64,46; 53,52; 62,74 %) e da energia bruta [(P<0,01) - 71,95; 61,23; 49,21; 53,81 %]; enquanto que a digestibilidade do extrato etéreo não foi afetada (P>0,60) pela inclusão de FDN na ração basal de marrãs. O peso dos orgãos digestivos cheios (trato gastrointestinal total, estômago, intestino delgado, intestino grosso, ceco, colo, fígado, vesícula biliar e pâncreas); dos orgãos vazios (ceco e colo); e dos orgãos não digestivos (baço, pulmão e rins), não apresentaram diferenças significativas (P>0,05) quando as marrãs foram alimentadas com as rações experimentais. Entretanto, houve tendência de aumentos lineares no peso do intestino delgado (P>0,08), e no peso do ceco cheio (P>0,06), e tendência de redução quadrática (P>0,08) do peso dos rins. Por sua vez, os pesos do estômago vazio (0,60; 0,71; 0,74; 0,79 g), e do coração (0,30; 0,29; 0,33; 0,35 g), foram linearmente aumentados (P<0,01). O estudo histológico das células do intestino grossso dos suínos detectouaumento (P<0,01) linear (16,13; 15,25; 24,53; 25,57) na área ocupada pelas células caliciformes produtoras de muco do ceco, mas não do colo (P>0,28). Foi observado que as rações experimentais com maiores teores de FDN, ocasionou marcante aumento na produção de muco das células caliciformes do epitélio do ceco, demonstrando assim uma adaptação à ação mecânica abrasiva exercida pela fibra dietética. O incremento de FDN na ração basal de marrãs, proporcionou resposta linear (P>0,05) no rendimento de carcaça quente (81,06; 81,29; 80,79; 78,97 %); respostas quadráticas no rendimento de carcaça fria [(P<0,05) - 79,79; 80,24; 79,58; 77,4%]; e no rendimento de carne magra [(P<0,01) - 54,45; 54,35; 55,51; 58,31 %]. Os resultados obtidos demonstraram que as exigências de peso corporal e espessura de toucinho por ocasião do primeiro cio útil, podem ser atendidas, mesmo quando são empregados Continuação) limitados teores de FDN na ração de marrãs em crescimento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.02.1996

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GOMES, Jacinta Diva Ferrugem; SPERS, Aleksandrs. Efeitos do incremento da fibra em detergente neutro, sobre parâmetros de desempenho, de digestibilidade dos componentes dietéticos e da morfologia intestinal de marrãs. 1996.Universidade de São Paulo, Botucatu, 1996.
    • APA

      Gomes, J. D. F., & Spers, A. (1996). Efeitos do incremento da fibra em detergente neutro, sobre parâmetros de desempenho, de digestibilidade dos componentes dietéticos e da morfologia intestinal de marrãs. Universidade de São Paulo, Botucatu.
    • NLM

      Gomes JDF, Spers A. Efeitos do incremento da fibra em detergente neutro, sobre parâmetros de desempenho, de digestibilidade dos componentes dietéticos e da morfologia intestinal de marrãs. 1996 ;
    • Vancouver

      Gomes JDF, Spers A. Efeitos do incremento da fibra em detergente neutro, sobre parâmetros de desempenho, de digestibilidade dos componentes dietéticos e da morfologia intestinal de marrãs. 1996 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021