Exportar registro bibliográfico

Contribuição ao estudo da precipitação máxima provável: estudo de algumas tormentas ocorridas no Brasil (1997)

  • Authors:
  • Autor USP: RODRIGUES, VANIA LUCIA - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PHD
  • Subjects: ENGENHARIA HIDRÁULICA E SANITÁRIA; PLUVIOMETRIA; HIDROMETEOROLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Precipitação máxima provável (PMP) é a maior altura pluviométrica, de determinada duração, meteorologicamente possível de ocorrer em um determinado local, em determinada época do ano, sem levar em consideração as tendências climáticas de longo prazo. Nesta dissertação, a PMP foi calculada pelo método hidrometeorológico para três bacias hidrográficas: bacia do Rio Pardo em São Paulo, do Rio Itajai, em Santa Catarina, e do Rio Piratini, no Rio Grande do Sul. Como sempre ocorre, a escassez de dados meteorológicos não permite que a PMP seja uma grandeza calculada com precisão. Apesar disso, alguns parâmetros de uso frequente na engenharia foram questionados e concluiu-se que precisam ser mais estudados.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.05.1997

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RODRIGUES, Vania Lucia; UEHARA, Kokei. Contribuição ao estudo da precipitação máxima provável: estudo de algumas tormentas ocorridas no Brasil. 1997.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.
    • APA

      Rodrigues, V. L., & Uehara, K. (1997). Contribuição ao estudo da precipitação máxima provável: estudo de algumas tormentas ocorridas no Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Rodrigues VL, Uehara K. Contribuição ao estudo da precipitação máxima provável: estudo de algumas tormentas ocorridas no Brasil. 1997 ;
    • Vancouver

      Rodrigues VL, Uehara K. Contribuição ao estudo da precipitação máxima provável: estudo de algumas tormentas ocorridas no Brasil. 1997 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021