Exportar registro bibliográfico

Crescimento e estado nutricional de eucalyptus citriodora cultivado sob doses de boro e sua relacao com a agressividade de botryosphaeria ribis (1996)

  • Authors:
  • USP affiliated author: SILVEIRA, RONALDO LUIZ VAZ DE ARRUDA - ESALQ
  • School: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCF
  • Subjects: SILVICULTURA; NUTRIÇÃO VEGETAL; FITOPATOLOGIA; FUNGOS
  • Language: Português
  • Abstract: Um experimento em casa de vegetação foi realizado para verificar-se o efeito do boro sobre o crescimento e a concentração de nutrientes de Eucaliptus citriodora, e sua relação com a suscetibilidade das plantas ao botryospharria ribis, um patógeno que comumente está associado aos cancros e dieback no campo. Sete doses de boro foram estudadas: 0; 0,125; 0,5; 2,0 e 4,0 'mg.l POT.-1' de B. Aos 12 meses após o início dos tratamentos, o fungo foi inoculado por ferimento na região basal, mediana e apical do caule, usando-se riscos de micério -'agar'. Sessenta dias após a inoculação, as lesões foram avaliadas, medindo-se o comprimento no sentido longitudinal do caule. Antes e após a inoculação foram realizadas: medições de altura, diâmetro basal e mediano. As plantas foram separadas em folhas superiores e inferiores, ramos e caule, no final do ciclo, para análise qímica visando determinar a concentração dos macro e micronutrientes, com exceção de Cl e Mo, além do material seco. Os resultados idicaram que a omissão de boro limitou o crescimento das plantas, expresso pelo diâmetro, altura e produção de matéria seca, e aumentou a agressividade de B.nibis. O comprimento das lesões foi maior na posição basal do caule, quando comparado com as outras posições. As concentrações foliares de boro na faixa de 30 a 240 'mg.kg POT.-1' não influenciaram o crescimento das plantas e a sua susceptibilidade a B.nibis. Observou-se que a omissão de boro induziu a deficiência depotássio e que não houve efeito de toxidez de boro até 4,0 mg.l-1 de B,sendo o E.citriodora assim classificado como uma espécie tolerante ao boro. O. E.citrodoria também foi considerado como uma espécie pouco exigente em boro, uma vez que pequenas doses de boro na solução foram suficientes para se ter um crescimento normal da espécie
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.12.1996
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVEIRA, Ronaldo Luiz Vaz de Arruda; GONÇALVES, Antônio Natal. Crescimento e estado nutricional de eucalyptus citriodora cultivado sob doses de boro e sua relacao com a agressividade de botryosphaeria ribis. 1996.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1996. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-20191218-163216/ >.
    • APA

      Silveira, R. L. V. de A., & Gonçalves, A. N. (1996). Crescimento e estado nutricional de eucalyptus citriodora cultivado sob doses de boro e sua relacao com a agressividade de botryosphaeria ribis. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-20191218-163216/
    • NLM

      Silveira RLV de A, Gonçalves AN. Crescimento e estado nutricional de eucalyptus citriodora cultivado sob doses de boro e sua relacao com a agressividade de botryosphaeria ribis [Internet]. 1996 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-20191218-163216/
    • Vancouver

      Silveira RLV de A, Gonçalves AN. Crescimento e estado nutricional de eucalyptus citriodora cultivado sob doses de boro e sua relacao com a agressividade de botryosphaeria ribis [Internet]. 1996 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11140/tde-20191218-163216/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022