Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Avaliação da medida do colesterol total na determinação do risco lipídico para doença arterial coronária (1996)

  • Authors:
  • Autor USP: BERTOLAMI, MARCELO CHIARA - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSP
  • DOI: 10.11606/T.6.2018.tde-08032018-102537
  • Subjects: SAÚDE PÚBLICA; DOENÇAS CARDIOVASCULARES (EPIDEMIOLOGIA); ARTERIOSCLEROSE CORONÁRIA; FATORES DE RISCO; COLESTEROL
  • Language: Português
  • Abstract: Foram estudadas, quanto ao perfil lipídico, duas populações, compreendendo indivíduos acima dos 20 anos de idade: -trabalhadores da Termomecânica, indústria metalúrgica de São Bernardo do Campo: 1.616 do sexo masculino e 230 do sexo feminino; -pacientes atendidos no ambulatório do Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP): 664 do sexo feminino e 317 do sexo masculino. Os objetivos foram: I. Avaliar se a determinação isolada da colesterolemia total, sem considerar a dos triglicérides e a do HDL-colesterol e o cálculo do LDL-colesterol pela fórmula de Friedewald, para rastreamento populacional ou para decisão de tratamento, implica importante porcentagem de aparecimento de casos classificados inadequadamente, considerando o LDL-colesterol como "padrão ouro". 2. Analisar se a determinação da trigliceridemia associada à da colesterolemia total, além de mostrar os casos que apresentam hipertrigliceridemia isolada, auxilia a melhor identificação dos casos quanto ao LDL-colesterol. 3. Avaliar, com base na determinação isolada da colesterolemia total, qual a chance de os pacientes, por não lerem seu HDL-colesterol dosado, estar em maior risco lipídico para doença ateroselerótica por apresentar essa fração do colesterol abaixo do desejável. As conclusões foram: I. A dosagem isolada do colesterol total pode levar a chance importante de classificar enganosamente um paciente (em relação ao LDL-colesterol calculado). Para o rastreamento, os falsos negativos variaram de 9 por cento a 24 por cento e os falsos positivos, de 10 por cento a 24 por cento. Para a situação de decisão de tratamento, a variação dos falsos negativos foi de 14 por cento a 25 por cento, enquanto a dos falsos positivos foi de 1 por cento a 9 por cento. 2.A determinação dos triglicérides associada à do colesterol total auxilia a melhor identificação dos casos que apresentam LDL-colesterol elevado, somente quando a colesterolemia se encontra abaixo ue 240 mg/dl. Para níveis de colesterol totai iguais ou acima desse valor, a determinação também dos triglicérides não auxilia a melhor identificação do risco lipídico pelo LDL-colesterol ou a necessidade de tratamento dessa variável do perfil lipídico. A não possibilidade do diagnóstico de hipertrigliceridemia isolada (acima de 200 mg/dl) quando da determinação somente do colesterol total apresentou baixas chances nas populações avaliadas neste estudo, de 0,5 por cento a 3 por cento. 3. A não determinação do HDL-colesterol associa risco de erro pequeno de não identificação de paciente com risco de doença coronária por nível baixo dessa fração do colesterol (abaixo de 35 mg/dl), com colesterol total em níveis desejáveis (abaixo de 200 mg/dl), que variou de 3 por cento a 10 por cento.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.09.1996
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2018.tde-08032018-102537 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BERTOLAMI, Marcelo Chiara; ANDRADE, Januário de. Avaliação da medida do colesterol total na determinação do risco lipídico para doença arterial coronária. 1996.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1996. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/T.6.2018.tde-08032018-102537 > DOI: 10.11606/T.6.2018.tde-08032018-102537.
    • APA

      Bertolami, M. C., & Andrade, J. de. (1996). Avaliação da medida do colesterol total na determinação do risco lipídico para doença arterial coronária. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/T.6.2018.tde-08032018-102537
    • NLM

      Bertolami MC, Andrade J de. Avaliação da medida do colesterol total na determinação do risco lipídico para doença arterial coronária [Internet]. 1996 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2018.tde-08032018-102537
    • Vancouver

      Bertolami MC, Andrade J de. Avaliação da medida do colesterol total na determinação do risco lipídico para doença arterial coronária [Internet]. 1996 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2018.tde-08032018-102537


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021