Exportar registro bibliográfico

Agroindústrias do Oeste Catarinense: o caso Sadia (1996)

  • Authors:
  • Autor USP: ESPINDOLA, CARLOS JOSÉ - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLF
  • Subjects: CAPITALISMO; GEOGRAFIA REGIONAL; GEOGRAFIA HUMANA
  • Language: Português
  • Abstract: A dissertação demonstra que a ocupação do oeste catarinense, a partir das primeiras décadas do século XX, por pequenos produtores mercantis e comerciantes desembocou na constituição do capitalismo agroindustrial. Esse capitalismo, atrasado em relação aos demais frigoríficos de carne bovina já instalados no Brasil, aproveitou-se das condições naturais, econômicas, políticas e sociais existentes na região para promover a concentração e centralização do capital, as novas formas de concorrência, novas estruturas de mercado e a sua inserção na divisão nacional e internacional do trabalho. A dissertação ainda demonstra que a medida que este capitalismo se expande via modernização e aprendizado tecnológico, diferenciação de produtos, novos setores produtivos (aves, soja e bovinos), aumento da qualidade dos produtos (saber, cor, etc.), Melhoria nas fontes de matéria-prima, etc., novas áreas do espaço nacional foram sendo incorporadas a sua lógica produtiva de valorização
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.04.1996

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ESPINDOLA, Carlos Jose; MAMIGONIAN, Armen. Agroindústrias do Oeste Catarinense: o caso Sadia. 1996.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1996.
    • APA

      Espindola, C. J., & Mamigonian, A. (1996). Agroindústrias do Oeste Catarinense: o caso Sadia. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Espindola CJ, Mamigonian A. Agroindústrias do Oeste Catarinense: o caso Sadia. 1996 ;
    • Vancouver

      Espindola CJ, Mamigonian A. Agroindústrias do Oeste Catarinense: o caso Sadia. 1996 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021