Exportar registro bibliográfico

Das preposições latinas às do português e do romeno: derivações semânticas (1994)

  • Authors:
  • Autor USP: VIARO, MARIO EDUARDO - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLC
  • Subjects: LÍNGUA PORTUGUESA; LÍNGUA LATINA; LÍNGUA ROMENA; SEMÂNTICA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho é estudar as preposições de três línguas: latim, português e romeno. Divide-se, assim, em duas partes: uma teórica e outra, exemplificativa. Na primeira parte, após a exposição do método, comparativo e diacrônico, e do objeto de estudo, a língua e não a norma (segundo definição de COSERIU), desenvolve- se sucintamente um levantamento do uso dos termos "preposição" e "prefixo" desde sua criação até os dias atuais. Parte-se, depois, para uma definição de ambos os termos e para a delimitação de seu uso. Cita-se, então, o problema dos falsos prefixos, das preposições acidentais e das locuções prepositivas. : Feita a . distinção formal entre preposição, prefixo e advérbio, inicia-se uma explanação dos planos semânticos: espacial, temporal, biossocial e gramatical. O plano espacial será ó plano básico, a partir do qual se derivarão todas as demais idéias. Elenca-se e explica-se, enfim, certo número de passos do raciocínio ("orientações semânticas"). Na segunda parte, são apresentados os exemplos dos quais se deduziu a teoria da primeira parte e os oito capítulos que se seguem versam sobre um movimento ou posição determinada, a saber, "afastamento", "aproximação", "meio", "circularidade", "verticalidade", "seqüência", "interioridade" e "proximidade". Cada tipo é representado Partindo-se do latim, chega-se ao português eao romeno, que, como sabido, são os extremos da România. Argumenta-se que as preposições conservam muito de seu sentido original, desde que sejam aplicadas essas "orientações semânticas". Observa-se, com isso, que elas não são desprovidas de significado e que sua complexidade semântica não deve ser entendida como um esvaziamento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.11.1994
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VIARO, Mario Eduardo; BASSETTO, Bruno Fregni. Das preposições latinas às do português e do romeno: derivações semânticas. 1994.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1994. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8143/tde-02022018-113148/ >.
    • APA

      Viaro, M. E., & Bassetto, B. F. (1994). Das preposições latinas às do português e do romeno: derivações semânticas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8143/tde-02022018-113148/
    • NLM

      Viaro ME, Bassetto BF. Das preposições latinas às do português e do romeno: derivações semânticas [Internet]. 1994 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8143/tde-02022018-113148/
    • Vancouver

      Viaro ME, Bassetto BF. Das preposições latinas às do português e do romeno: derivações semânticas [Internet]. 1994 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8143/tde-02022018-113148/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020