Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Câncer de boca: mortalidade entre os residentes no estado de São Paulo no período de março de 1979 a fevereiro de 1982 (1994)

  • Authors:
  • Autor USP: NEVES, LUCIA HELENA DE MOURA - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HEP
  • DOI: 10.11606/T.6.2018.tde-16012018-151215
  • Assunto: NEOPLASIAS BUCAIS
  • Language: Português
  • Abstract: O trabalho descreve a mortalidade por câncer de boca no Estado de São Paulo, no período de 1 de março de 1979 a 28 de fevereiro de 1982, segundo as variáveis sexo, idade, localização do tumor e Região Administrativa de residência. Constituíram material de estudo as declarações registradas dos óbitos de residentes no Estado de São Paulo que ocorreram nesse período e que apresentaram câncer de boca como causa básica de morte, segundo registros armazenados em meio magnético, com tecnologia de CD-ROM, do Ministério da Saúde. A fonte dos dados populacionais necessários para o cálculo dos coeficientes de mortalidade foi o censo de 1980. O Estado de São Paulo como um todo apresentou, no período estudado, um total de 1.158 óbitos, correspondendo a 2,1 o/o da mortalidade por câncer em geral e originando um coeficiente de mortalidade por câncer de boca igual a 1,54 por 100.000 habitantes, com uma razão homens/mulheres de 4,92: 1 (2,56 por 100.000 homens e 0,52 por 100.000 mulheres). Acima dos 30 anos, a mortalidade foi mais elevada no sexo masculino, em todos os grupos etários. Para ambos os sexos, o câncer de língua constituiu a principal causa de mortalidade (50,4 por cento dos óbitos masculinos e 36,2 por cento dos femininos), seguido, para o sexo masculino, pelo câncer de assoalho (9,9 por cento), de palato (7,2 por cento) e de glândulas salivares (6,2 por cento) e, para o sexo feminino, pelo câncer de palato (14,9 por cento), de glândulas salivares (13,8 por cento) e de gengiva (5,6 por cento).Para cada uma das localizações do tumor obtiveram-se coeficientes maiores no sexo masculino do que no feminino. A maior razão homens/mulheres foi encontrada para a localização assoalho da boca (12,50: 1), seguindo-se a língua (6,79: 1), o lábio (3,33: 1), a gengiva (3,00: 1), as glândulas salivares (2,29: 1) e o palato (2,25:1). No estudo por Regiões Administrativas, os coeficientes gerais de mortalidade por câncer de boca, padronizados por idade, tendo como padrâo a população total do Estado de São Paulo (censo de 1980), configuraram uma distribuição geográfica com alterações gradativas, compondo-se blocos geograficamente contíguos de resultados semelhantes. As duas Regiões que apresentaram os maiores coeficientes de mortalidade - Litoral (2, 16 por 100.000 habitantes) e Vale do Paraíba (1,83 por 100.000 habitantes) - ocupam o Sul e o Sudeste do Estado. As três Regiões de menores coeficientes - Araçatuba (0,55 por 100.000 habitantes), Presidente Prudente (0,95 por 100.000 habitantes) e Marília (1,11 por 100.000 habitantes) - se concentram no Oeste do Estado. Na comparação da mortalidade entre os sexos, obteve-se razão homens/mulheres de aproximadamente 5: 1, na maioria das Regiões, observando-se valores discrepantes para Presidente Prudente (18,10: 1), São José do Rio Preto (13,87: 1) e Araçatuba (1,89: 1). Para a maioria das Regiões, a mortalidade é maior quanto mais avançado é o grupo etário, localizando-se o pico no grupo de 70 anos e mais.A idade em que se inicia a ocorrência de óbitos por câncer de boca varia entre as Regiões, mas, para a maior parte delas, os valores dos coeficientes só têm valor expressivo após os 40 anos. Em todas as Regiões, a língua apresenta os maiores valores de coeficientes de mortalidade, e, em quase todas as Regiões, o lábio e a gengiva apresentam os menores valores. Nas posições intermediárias se alternam, nas diferentes Regiões, as localizações assoalho, palato e glândulas salivares. Para cada uma das Regiões Administrativas foram feitas, ainda, análises conjuntas das variáveis sexo, idade e localização do tumor.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.05.1994
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2018.tde-16012018-151215 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NEVES, Lúcia Helena de Moura; SOUZA, José Maria Pacheco de. Câncer de boca: mortalidade entre os residentes no estado de São Paulo no período de março de 1979 a fevereiro de 1982. 1994.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1994. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/T.6.2018.tde-16012018-151215 > DOI: 10.11606/T.6.2018.tde-16012018-151215.
    • APA

      Neves, L. H. de M., & Souza, J. M. P. de. (1994). Câncer de boca: mortalidade entre os residentes no estado de São Paulo no período de março de 1979 a fevereiro de 1982. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/T.6.2018.tde-16012018-151215
    • NLM

      Neves LH de M, Souza JMP de. Câncer de boca: mortalidade entre os residentes no estado de São Paulo no período de março de 1979 a fevereiro de 1982 [Internet]. 1994 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2018.tde-16012018-151215
    • Vancouver

      Neves LH de M, Souza JMP de. Câncer de boca: mortalidade entre os residentes no estado de São Paulo no período de março de 1979 a fevereiro de 1982 [Internet]. 1994 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2018.tde-16012018-151215

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021