Exportar registro bibliográfico

Estudo sobre a polinização entomofila do girassol (helianthus annuus l.) Utilizando diferentes métodos de isolamento de flores (1990)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MORETI, AUGUSTA CAROLINA DE CAMARGO CARMELLO - ESALQ
  • Unidades: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LET
  • Subjects: ENTOMOLOGIA AGRÍCOLA; PLANTAS OLEAGINOSAS; GIRASSOL; POLINIZAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: A pesquisa foi desenvolvida objetivando comparar os diversos métodos usados em testes de polinização para impedir o acesso de insetos a determinadas plantas. Realizou-se um estudo comparativo em três cultivares de girassol: anhandy, contisol e uruguai, utilizabdo-se três métodos de isolamento de flores: cobertura de plantas com gaiolas teladas, ensacamento de flores com filó e ensacamento de flores com papel parafinado, comparando-se a plantas livremente visitadas por insetos. A maioria dos insetos visitantes pertence à Ordem Hymenoptera e dentre as 22 espécies de abelhas coletadas, a Apis mellifera é a mais importante polinizadora do girassol, devido a constância de suas visitas e ao maior número de indivíduos presentes, sendo registrados dois picos de atividade durante o dia, um às 8-9 horas, que tende a ser maior e, outro às 16-17 horas. As espécies do complexo Trigona têm apenas um pico de visita, próximo às 12 horas. A maioria das A. mellifera tem atividade de coleta de néctar durante todo o dia, embora no horário das 8-9 horas um pequeno número delas colete pólen, sendo este número maior do que o observado à tarde. O cultivar híbrido contisol respondeu menos à ação polinizadora dos insetos e o ensacamento de flores com filó não foi um método indicado para impedir a visitação de insetos, principalmente no cultivar híbrido. Considerando-se os métodos mais adequados para impedir a visitação de insetos, nos três cultivares, as plantas livremente visitadasapresentaram: porcentagem de formação de aquênios, porcentagem de germinação das sementes, porcentagem em peso de aquênios formados, número e peso de aquênios formados e peso de 100 aquênios, superiores aos das plantas cobertas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.03.1990

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MORETI, Augusta C. de Camargo Carmello; MARCHINI, Luiz Carlos. Estudo sobre a polinização entomofila do girassol (helianthus annuus l.) Utilizando diferentes métodos de isolamento de flores. 1990.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1990.
    • APA

      Moreti, A. C. de C. C., & Marchini, L. C. (1990). Estudo sobre a polinização entomofila do girassol (helianthus annuus l.) Utilizando diferentes métodos de isolamento de flores. Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Moreti AC de CC, Marchini LC. Estudo sobre a polinização entomofila do girassol (helianthus annuus l.) Utilizando diferentes métodos de isolamento de flores. 1990 ;
    • Vancouver

      Moreti AC de CC, Marchini LC. Estudo sobre a polinização entomofila do girassol (helianthus annuus l.) Utilizando diferentes métodos de isolamento de flores. 1990 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020