Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Avaliação do impacto da operação de postos de saúde em pequenas comunidades rurais do norte do Estado de Goiás, Brasil (1979)

  • Authors:
  • Autor USP: AZEVEDO, ANTONIO CARLOS DE - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSP
  • DOI: 10.11606/T.6.2017.tde-16102017-113825
  • Subjects: COMUNIDADE RURAL; AVALIAÇÃO DE RESULTADOS (CUIDADOS DE SAÚDE); CENTROS DE SAÚDE
  • Language: Português
  • Abstract: Houve aumento do grau de informação com relação à saúde nas três comunidades. Houve melhora da qualidade da habitação, principalmente devido à construção de privadas higiênicas (fossas secas). Além do incremento acentuado na formação de hortas domésticas houve modificações da vida comunitária não previstas no projeto, que foram: aparente diminuição dos hábitos de mascar e aspirar fumo, incremento na proporção de famílias possuidoras de rádio e, principalmente, aumento de sua utilização como meio de obter informações de fora da comunidade e ainda aumento da frequência das viagens. Se estas modificações puderem ser atribuídas de fato à presença do atendente rural, o que parece possível, estaremos diante de um processo de modernização da comunidade, desencadeado pela presença do posto rural. Não foram identificados efeitos negativos da operação do posto. Especialmente a duração do período de amamentação (mediana em torno de 6 meses) foi mantida. O modelo de investigação parece ser passível de ser aplicado em outros serviços rurais do interior do país a custos muito baixos. O trabalho contém ainda breve resenha histórica da utilização de pessoal auxiliar em atendimento primário de saúde, especialmente em áreas rurais.O autor estuda o impacto da operação de postos rurais com utilização de pessoal auxiliar de formação elementar, em três comunidades isoladas no interior do Estado de Goiás - Brasil. As comunidades tinham entre 120 e 352 habitantes e distavam entre 58 e 67 km da sede do município. Fo raro realizados inqueritos "antes" e "depois", com intervalo de 1 ano e seis meses entre ambos. Uma quarta comunidade serviu de testemunho, na qual, no entanto, somente foi possível realizar o inquérito "depois". O inquérito aplicado envolvia a coleta de dados referentes a informações sobre cada membro da família, habitação, saúde, trabalho e relações de vizinhança, e foi idealizado por pessoal com experiência no local, tendo em vista o uso de termos regionais e sua aplicação pelo auxiliar rural. As conclusões são no sentido da impossibilidade de se avaliarem indicadores tradicionais de saúde num grupo de comunidades tão pequenas; de que houve modificação no padrão declarado de utilização de serviços, com diminuição da procura de serviços na sede do município pelas gestantes e principalmente, por parte da população em geral; e de que houve diminuição da procura do sistema informal de saúde (curandeiros e rezadores). Os resultados com relação à vacinação foram modestos face a escassez de imunizantes na região à época do estudo.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.06.1979
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2017.tde-16102017-113825 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AZEVEDO, Antonio Carlos de; TINOCO, Aldo da Fonseca. Avaliação do impacto da operação de postos de saúde em pequenas comunidades rurais do norte do Estado de Goiás, Brasil. 1979.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1979. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/T.6.2017.tde-16102017-113825 > DOI: 10.11606/T.6.2017.tde-16102017-113825.
    • APA

      Azevedo, A. C. de, & Tinoco, A. da F. (1979). Avaliação do impacto da operação de postos de saúde em pequenas comunidades rurais do norte do Estado de Goiás, Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/T.6.2017.tde-16102017-113825
    • NLM

      Azevedo AC de, Tinoco A da F. Avaliação do impacto da operação de postos de saúde em pequenas comunidades rurais do norte do Estado de Goiás, Brasil [Internet]. 1979 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2017.tde-16102017-113825
    • Vancouver

      Azevedo AC de, Tinoco A da F. Avaliação do impacto da operação de postos de saúde em pequenas comunidades rurais do norte do Estado de Goiás, Brasil [Internet]. 1979 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2017.tde-16102017-113825


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021