Exportar registro bibliográfico

Geologia econômica da região de Currais Novos-RN (1970)

  • Authors:
  • Autor USP: MARANHAO, RICARDO - IGC
  • Unidade: IGC
  • Sigla do Departamento: GGG
  • Assunto: GEOLOGIA ECONÔMICA
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho descreve a geologia econômica da região de Currais Novos, no Rio Grande do Norte, onde estão as principais jazidas de scheelita e de molibdenita do Brasil: jazidas Brejuí e Barra Verde. As rochas metamórficas da área pertencem à Série Ceará e são constituídas por gnaisses, calcáreos e tactitos. O autor evidenciou a existência de duas fases metamórficas no desenvolvimento dessas rochas. A primeira, datada de 750 '+ OU -' 50M.A. possibilitou o desenvolvimento das texturas e dos minerais essenciais dos gnaisses e calcários e a formação dos tactitos compostos essencialmente de epidoto, diopsídio, granada, quartzo, calcita e vesuvianita. Ainda nessa fase ocorreu o empurrão das rochas da área oeste sobre o gnaisse da Formação Seridó, ocasionando inversões de camadas nas áreas de Brejuí, Barra Verde, Quixabeiral, etc. Na segunda fase, com 550 '+ OU -' M.A. de idade, ocorreu microclinização dos gnaisses biótico das formações Parelhas e Quixaba e a mineralização dos tactitos, devido ao aporte de tungstênio, molibdênio, flúor, cobre, etc., provenientes do granito de Acari. Na etapa final dessa fase houve a intrusão do granodiorito Acauã. As rochas "magmáticas da região estão representadas por a) um grande batólito granítico heterogêneo - o maciço Acari -, constitu;ido por quatro fácies petrográficas: um granodiorito pórfiro, um granito monzonítico, um diorito e pequenos corpos granodioritos; b) um pequeno stock granodiorítico homogêneo e intrusivo - ogranodiorito Acauã; c) diques de basaltos, aplitos e pegmatites. O minério da região é o tácito, que apresenta nítidos controles estratigráficos e estruturais, os quais servem de guias para a prospecção. Têm as jazidas Brejuí e Barra Verde um teor médio da ordem de 0,6% em W'O IND. 3'. Sendo mantida a atual produção da região, cerca de 650 t métricas/ano de concentrados dom 75% de W'O IND. 3', só as reservas conhecidas nas jazidas Brejuí e Barra Verde ) serão suficientes para abastecer o mercado por mais 20 anos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 00.00.1970
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARANHÃO, Ricardo; CASSEDANE, Jacques Pierre; MELCHER, Geraldo Conrado. Geologia econômica da região de Currais Novos-RN. 1970.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1970. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-10062016-112254/pt-br.php >.
    • APA

      Maranhão, R., Cassedane, J. P., & Melcher, G. C. (1970). Geologia econômica da região de Currais Novos-RN. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-10062016-112254/pt-br.php
    • NLM

      Maranhão R, Cassedane JP, Melcher GC. Geologia econômica da região de Currais Novos-RN [Internet]. 1970 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-10062016-112254/pt-br.php
    • Vancouver

      Maranhão R, Cassedane JP, Melcher GC. Geologia econômica da região de Currais Novos-RN [Internet]. 1970 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-10062016-112254/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021