Exportar registro bibliográfico

Contribuicao ao conhecimento de rochas termometamorficas da serie sao roque (1958)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FRANCO, RUI RIBEIRO - IGC
  • Unidades: IGC
  • Sigla do Departamento: GMP
  • Subjects: ROCHAS METAMÓRFICAS
  • Language: Português
  • Abstract: Desde longa data geólogos nacionais e estrangeiros vêm se preocupando com as rochas que constituem a série São Roque no afã de esclarecer sua gênese e estabelecer as conexões entre elas. Tais objetivos foram, em parte, conseguidos, graças à pertinácia com que os pesquisadores enfrentaram os problemas, ora isoladamente, ora em equipes. Assim é que foi possível estabelecer certas relações entre as rochas da série propriamente dita e as intrusivas que nelas se formaram ou penetraram. De fato, parece já não existir dúvida de que granitos e granodioritos porfiróides, rochas nefelínicas (Ipanema e Jacupiranga), kersanito (Guapiranga - estrada de Santo Amaro e Itapecerica), pegmatitos, ocorrendo em nítida discordância e rodeados de aureolas e faixas de metamorfismo, são de idade mais moderna. Mais modernas, ainda, do que as rochas da série e as rochas supersaturadas e insaturadas mencionadas, são por exemplo, as rochas básicas (gabros, diabásios e basaltos) que, nas primeiras, formam diques, sills e mesmo corpos intrusivos de maiores dimensões. A existência, nas rochas da série, de homfels aluminosos ou pelíticos, hornfels cálcio-silicatados, quartzo hornfels, quartzo-feldspato hornfels, ardósias maculadas ou xisto nodulosos, skamitos (zonas granatíferas de contato), tatitos, faixas intensamente turmalinizadas e depósitos pirometamórficos e pirometassomáticos nas regiões vizinhas aos corpos magmáticos, confirma o que acima se disse. Não menos importante, entreos fenômenos ligados processos metamórficos que se realizaram em rochas daa série São Roque, ainda com referência à fase intrusiva, é a existência, em certas zonas do complexo cristalino, de brechas vulcânicas (agmatitos), migmatitos, gnaisses de injeção ("lit-par-lit") e rochas ricas de estruturas ptigmáticas. É, aliás, a partir do estudo dessas últimas rochas, que se pode estabelecer, pelo menos em alguns casos, as relações entre as rochas orto e ) parametamórficas existentes na série e nas rochas mais antigas. Em algumas das áreas estudadas, Cantareira, São Roque, e Perus, principalmente, nos valemos na presença de xenólitos e a existência de tetos pendentes (roof-pendants) no interior de rochas magmáticas para registro dos efeitos provocados pelos fenômenos térmicos. Neste trabalho, para o qual certa contribuição foi dada pelos estudos anteriores do autor, não será discutida a sequência completa dos processos que deram origem às rochas da série São Roque, nem tão pouco entraremos na discussão dos xistos e filitos. Serão estudadas, das rochas citadas, somente as que, dee maneira ou outra, estiverem ligadas aos processos metamórficos aqui discutidos. É nossa opinião que o conhecimento das ocorrência e o modo formação de certos anfibolitos, hornfels e skarnitos que se encontram na séries São Roque, trará valioso subsídio à interpretação genética. É bem possível, ainda, que deste conhecimento surjam novos elementos que venham elucidar aa controvertida questão, qualseja, o de saber se as rochas ditas e ass denominadas algonquiana se formaram a partir dos mesmos sedimentos que foram submetidos a condiões de metamorfismo diferentes ou se as primeiras são realmente independentes e mais antigas. Especial atenção foi dedicada ao estudos dos minerais e rochas das regiões de Itaóca, Itapeva, São Roque, Cantareira, Perus e Mogi das Cruzes, onde pudemos colher grande cópia de material e valiosos dados de campo. a restrição no campo dass observações foi imposta pela extensão territorial em que afloram as rochas formadoras do complexo metamórfico-intrusivo da série São Roque. Isso, contudo, não proíbe esboçar conclusões de caráter mais amplo por que os fenômenos metamórficos e matassomáticos se repetem amiúde, muitas vezes com perfeita identidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 00.00.1958

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRANCO, Rui Ribeiro. Contribuicao ao conhecimento de rochas termometamorficas da serie sao roque. 1958.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1958.
    • APA

      Franco, R. R. (1958). Contribuicao ao conhecimento de rochas termometamorficas da serie sao roque. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Franco RR. Contribuicao ao conhecimento de rochas termometamorficas da serie sao roque. 1958 ;
    • Vancouver

      Franco RR. Contribuicao ao conhecimento de rochas termometamorficas da serie sao roque. 1958 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020