Exportar registro bibliográfico

Controle de qualidade do concreto (1981)

  • Authors:
  • Autor USP: HELENE, PAULO ROBERTO DO LAGO - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PCC
  • Assunto: CONCRETO (CONTROLE DE QUALIDADE)
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho tem como objetivo apresentar o que é o controle de qualidade do concreto, como foi e é considerado nas normas de projeto e execução de obras de concreto armado do Brasil e qual a metodologia que pode ser seguida para controlar o processo de produção de forma eficaz e consciente. Diferencia as técnicas de controle de qualidade da qualidade propriamente dita e tece considerações sobre os critérios de controle de qualidade aplicados ao controle da resistência à compressão do concreto. Situa e limita o controle de qualidade do concreto dentro de um controle mais amplo e imprescindível, que é o controle tecnológico dos materiais e serviços de uma construção. Levanta a necessidade de integração dos diversos especialistas que atuam em uma construção com o objetivo de estabelecer regras práticas que permitem a todos alcançar o objetivo comum de realizar uma obra segura e econômica. A introdução apresenta algumas considerações sobre o problema do controle estatístico de qualidade do concreto. O capítulo I, descreve o desenvolvimento das normas brasileiras para projeto e execução de obras de concreto armado através de uma perspectiva histórica. Analisa o modo como era considerada a resistência dos materiais nos diferentes métodos de introdução da segurança no projeto estrutural. Procura ressaltar a importância ccrescente do controle da resistência do concreto, tanto em relação à segurança da estrutura quanto em relação ao benefício econômico resultante de uma maior uniformidade do processo de produção. O capítulo II, apresenta os conceitos básicos relacionados ao controle de qualidade de forma geral, indicando uma metodologia que pode ser aplicada, em princípio, a qualquer processo de produção emsérie. O capítulo III, trata de alguns aspectos comuns ao controle de produção e ao controle de aceitação do concreto. Analisa as causas de variações e os fatores que intervêm na qualidade potencial do concreto. Ressalta a importância da eficiência das operações de ensaio e controle e a importância da uniformidade dos materiais. Propõe também um critério mais exato para separação de lotes a serem submetidos à aceitação, complementando o atualmente recomendado na NB-1 (1978) da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. O capítulo IV, sugere as cartas ou gráficos de acompanhamento do processo, para fins de controle de produção, indicando as faixas de operação mais convenientes e alguns critérios para interpretação destas cartas. O último capítulo analisa os critérios para controle de aceitação segundo a recomendação da NB-1 (1978) da ABNT. Apresenta algumas passagens importantes para a escolha de um estimador e expõe também os problemas relacionados à fixação da resistência média de dosagem. Finalmente, a conclusão propõe que os conceitos derivados da estatística para o controle de qualidade sejam estendidos a todas as etapas da obra, a fim de que no futuro contribuam para o estabelecimento de um nível único de qualidade na construção civil.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.01.1981

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      HELENE, Paulo R. L.; LANDI, Francisco Romeu. Controle de qualidade do concreto. 1981.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1981.
    • APA

      Helene, P. R. L., & Landi, F. R. (1981). Controle de qualidade do concreto. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Helene PRL, Landi FR. Controle de qualidade do concreto. 1981 ;
    • Vancouver

      Helene PRL, Landi FR. Controle de qualidade do concreto. 1981 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021