Exportar registro bibliográfico

Alteração intempérica dos termos ultramáficos do Complexo de Pien (PR): estudo mineralógico-geoquímico (1980)

  • Authors:
  • Autor USP: SCHEVCIW, FLAVIA GOULART PUCCI - IGC
  • Unidade: IGC
  • Sigla do Departamento: GGG
  • Subjects: INTEMPERISMO; MINERALOGIA; GEOQUÍMICA
  • Language: Português
  • Abstract: A presente dissertação de Mestrado é resultado do trabalho de pesquisa realizado na região de Pién, sul do Estado do Paraná, como parte do Projeto Níquel-Ultrabásicas, instalado no Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo, e que visa caracterizar maciços-ultrabásicos do ponto de vista da alteração superficial, em regiões de climas diversos no Brasil. O citado projeto pretende definir a distribuição mineralógica e geoquímica ao longo dos perfis de alteração originados destas rochas, elaborar mecanismos de gênese das acumulações econômicas de níquel associadas a essa alteração, e, possivelmente fornecer parâmetros para a prospecção de níquel e de outros elementos associados, tendo sempre em vista as diferentes situações morfo-climáticas. Dentro deste projeto, o maciço máfico-ultramáfico da região de Pién, tem sido a localidade mais meridional estudada, e, embora não tenha produzido concentração econômica de níquel, sua caracterização torna-se interessante justamente por estar situada em clima praticamente temperado, tão diverso dos outros maciços estudados. Neste aspecto, o seu estudo pode fornecer dados para melhor compreensão de condições limites para outros depósitos. No capítulo I são apresentadas as características gerais da área (clima, geologia, geomorfologia). A metodologia usada nesse trabalho, no campo e laboratório, é detalhada no capítulo II. Os quatro capítulos seguintes analisam, para cada tipo de rocha mão, os mecanismos da evoluçãosupérgena, através do estudo mineralógico, petrográfico e químico de várias seqüências evolutivas (perfis de alteração hipotéticos). É assim visada, a caracterização dos mecanismos de transformação mineralógica sucessivos, de cada componente das rochas frescas. Também é tentada, a avaliação da distribuição e da forma de ocorrência dos elementos a cada passo da alteração, ressaltando o balanço deste fenômeno, ou seja, a quantidade dos elementos que ) permanece, que é exportada e importada, no decorrer das várias fases de alteração. A tendência provável de evolução atual ou recente das rochas ultramáficas, em equilíbrio com as presentes condições morfo-climáticas do Sul-Brasileiro, poderá assim ser esboçada no capítulo VI
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 00.00.1980
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SCHEVCIW, Flavia Goulart Pucci; TRESCASES, Jean Jacques. Alteração intempérica dos termos ultramáficos do Complexo de Pien (PR): estudo mineralógico-geoquímico. 1980.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1980. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-21072016-152100/pt-br.php >.
    • APA

      Schevciw, F. G. P., & Trescases, J. J. (1980). Alteração intempérica dos termos ultramáficos do Complexo de Pien (PR): estudo mineralógico-geoquímico. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-21072016-152100/pt-br.php
    • NLM

      Schevciw FGP, Trescases JJ. Alteração intempérica dos termos ultramáficos do Complexo de Pien (PR): estudo mineralógico-geoquímico [Internet]. 1980 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-21072016-152100/pt-br.php
    • Vancouver

      Schevciw FGP, Trescases JJ. Alteração intempérica dos termos ultramáficos do Complexo de Pien (PR): estudo mineralógico-geoquímico [Internet]. 1980 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44131/tde-21072016-152100/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021